Taxista que participou da morte de PM, é preso e deve entregar comparsas

Foto: Divulgação

MANAUS – O taxista José Crisdeson Souza da Silva, foi preso na tarde de quarta-feira, (13), por polícias militares da Força Tática, após na feira da Panair, bairro Educandos, zona Sul de Manaus, minutos antes de tentar subir em uma embarcação para fugir de Manaus.

José que teria alugado o táxi, era o motorista do veículo que a quase dois meses vendo realizado assalto na cidade. Na noite de terça-feira, (12), ele e outros dois comparsas mataram o oficial da PM, Deivide de Souza Chaves, durante um assalto no bairro Castanheira.

O acusado foi aprestado na Delegacia de Homicídios e Sequestro, (DEHS), onde deve ser interrogado para entregar os outros participantes do crime que ainda estão foragidos.

Por Correio da Amazônia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui