Wilson Lima libera mais de R$ 700 mil para a pesca artesanal em Anamã e Caapiranga

Foto: Arthur Castro/Secom

Incentivando o setor primário, o governador Wilson Lima liberou para Anamã e Caapiranga (a 165 e 134 quilômetros de Manaus, respectivamente) mais de R$ 700 mil em Crédito Rural, destinado para a pesca artesanal dos dois municípios.

Entre as ações na região do Baixo Solimões, o Governo do Estado também certificou uma fábrica para comercializar nacionalmente o pescado produzido e levou ações do programa Governo Presente.

O Crédito Rural é uma parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) e Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam). Em Anamã, foram liberados R$ 601.744,03 para a pesca artesanal, beneficiando 35 pescadores.

Em Caapiranga, oito projetos de pesca artesanal contemplam R$ 165.403,60. Os valores são destinados à aquisição de rabeta, motores de popa, freezer, canoas de alumínio e apetrechos para pesca.

Foto: Arthur Castro/Secom

O governador Wilson Lima reforçou a importância de movimentar a economia por meio de alternativas de financiamento para o setor primário. Ele destacou, ainda, o trabalho do Governo do Estado em atender as famílias afetadas pela enchente.

“A gente já entregou ano passado o nosso auxílio emergencial enchente, entregamos também o nosso Auxílio Estadual permanente e tudo isso se soma a essas ajudas que o Governo tem trazido nesse momento tão difícil, tão complicado para essas famílias”, reforçou o governador.

Acompanharam as ações do Governo no Baixo Solimões os deputados federais Capitão Alberto Neto, Marcelo Ramos e Átila Lins, além dos deputados estaduais Joana D’arc, Saullo Viana, Abdala Fraxe, Alessandra Campelo e Cabo Maciel.

Foto: Arthur Castro/Secom

Agricultores beneficiados – Ao todo, também foram entregues em Anamã e Caapiranga 104 Cartões do Produtor Primário (CPPs), dez Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAPs), dois Cadastros Ambiental Rural (CAR) e 200 kits do agricultor com sementes de abóbora, alface, cebolinha, coentro, couve, pimenta de cheiro, maxixe, melancia, mamão, maracujá, feijão e milho.

A agricultora Mariza Cunha, de 34 anos, é moradora da comunidade Terra Preta, zona rural de Caapiranga. Ela produz cará e farinha, afirmando que a quantia de crédito a receber, de R$ 15 mil, vai ser de extrema importância para escoar a produção.

“Pra mim vai ser muito importante. Vai facilitar para usar a minha embarcação e melhorar a minha situação e a de todos nós que vivemos da agricultura. Agradeço muito e estou muito feliz”, disse Mariza.

Unidade de beneficiamento – Em Anamã, Wilson Lima também certificou a primeira unidade de beneficiamento de peixe congelado no Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA). A empresa Chikó Alimentos, já autorizada a vender o peixe salgado produzido em Manacapuru, agora obteve a certificação para comercializar o pescado congelado para todo o Brasil.

Dedicada ao beneficiamento de pescado e produtos de pescado, a Chikó Alimentos tem capacidade produtiva diária de 18 toneladas de peixe congelado e agora tem expectativa de duplicar a produção.

Outros serviços – No município de Caapiranga, o governador Wilson Lima acompanhou as ações do programa Governo Presente.

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) realizou a emissão de duas mil unidades de Registro Geral (RG), entre 1ª e 2ª via, além de emissão de documento de gratuidade par a segunda via do Registro Civil de Nascimento (RCN).

A Junta Comercial do Amazonas (Jucea) integrou a ação com o projeto Jucea Itinerante, levando ao município atividades de orientação e formalização de empresas.

Em Caapiranga, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (SEC) também fez a entrega de instrumentos por meio da Sala de Cultura. Foram repassados dez violões, cinco teclados, 50 flautas doce, material para aulas de dança, teatro, música, artes visuais, maquiagem artística, além de projetor e de uma estação da leitura do Mania de Ler.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui