A sobrevivência através do afeto – por Maria Ritah

Foto: Divulgação/Netflix

Gente querida, precisamos falar de afeto.

Mas, antes vou dar uma dica para vocês: assistam o filme ‘Rosa e Momo’ – A sobrevivência através do afeto; que está disponível na Netflix. Aos 86 anos, a atriz Sophia Loren está belíssima e dá uma lição espetacular de como envelhecer com beleza e graça.

Neste filme, Rosa (Sophia Loren) é judia e sobrevivente do holocausto, que trabalhou a vida inteira como prostituta e para sobreviver cuida dos filhos das outras prostitutas e crianças imigrantes em sua própria. Momo, é um órfão, muçulmano senegalês e negro ( que vende drogas e rouba nas ruas da cidade). A vida dos dois é cruzada quando o garoto rouba pertences de Rosa.

É aí que começa a trama de um relacionamento complicado muito familiar, isso porque no outro dia, o médico dela, Dr. Coen, lhe faz uma visita e traz consigo os objetos roubados e o autor do delito – Momo. Apesar da infração, o médico pede para que Rosa cuide da sua educação e o deixe morar na sua casa. Ela se recusa, mas acaba aceitando por causa do dinheiro.

Foto: Divulgação/Netflix

O que começou pela necessidade, acabou em um amor construído na aceitação e acolhimento. Os dois, a partir daí, travam uma batalha silenciosa sobre suas dores para aceitar e acolher o que a vida, injusta que é, lhes deu.

Uma cena me chamou atenção, quando adoecida pelas lembranças do passado, alguém alerta sobre as atividades ilegais de Momo. Ela responde: – deixa ele. E são vários os momentos em que se observa que a amizade cresce no decorrer da rebeldia e doença. A construção dessa amizade é a grande sacada do filme. Leva o espectador a crer nos milagres que acontecem mesmo a vida sendo injusta. O caminho, o processo é que importa.

Onde se esperava castigo, lição de moral, Rosa surpreendia com a postura de agir encorajando Momo a pensar e solucionar seus próprios problemas, enquanto seu medo paralisante diminuía ao pedir ajuda do garoto num dos momentos mais emocionantes do filme. Momo finalmente entende e decide largar a delinquência para cuidar de Rosa.

O final…, ah!!! Não vou dizer, só recomendo que entre na sua lista de filmes que faz a mensalidade da Netflix valer a pena. Assiste e comenta aqui.

Beijos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui