Ação do Bem visa ajudar crianças e famílias carentes

Foto: Arquivo Pessoal - Rodrigo, Fundador da Ação do Bem

Por Rodolfo Milone

Projeto solidário, em Santos, já arrecadou mais de três toneladas de alimentos

Era um dia tranquilo de semana, quando Rodrigo Fernandes ouviu um pedido de socorro da sua vizinha. Ela não tinha nada para comer em casa e ele teve um estalo de que precisaria fazer algo por ela. Logo, postou no Facebook o pedido de ajuda e foi prontamente atendido. Naquele momento reparou que poderia fazer muito mais pelas pessoas.

Após aquele episódio diversos pedidos chegavam em suas mãos, por essa razão, em março de 2020, ele iniciou a Ação do Bem, em Santos e baixada santista. No início eram cinco amigos que ajudavam, mas por motivos pessoais eles saíram e apenas Rodrigo ficou a frente do projeto social.

“Não foi nada fácil, cada dia era uma batalha vencida, e uma nova família alimentada. Com isso, eu sempre fui seguindo com o projeto, não paramos um segundo. Sempre tem alguém necessitado, que precisa de ajuda”, disse o fundador.

Ação do Bem na pandemia

No mundo e no Brasil a pandemia atingiu com muita força a área da saúde, e principalmente a economia. Com isso, milhares de pessoas perderam seus empregos e as famílias ficaram necessitadas, precisando de ajuda e sem ter o que comer dentro de casa. E a Ação do Bem teve papel ativo nesse momento.

“No decorrer da pandemia doamos mais de 900 cestas básicas, o que beneficiou mais de 1000 famílias. Foi um sucesso e a cada dia que passa nós viramos uma referência social em Santos e na baixada santista, Para se ter uma ideia, estima-se que nós já doamos pouco mais de três toneladas de alimentos”, ressaltou Rodrigo.

Ajuda as crianças

Foto: Arquivo Pessoal – Instagram

Além de toda a atenção com as famílias, a Ação do Bem tem papel fundamental e relevante na ajuda às crianças com problemas de saúde. Praticamente todos os dias surgem novos pedidos de ajuda, seja para auxiliar em um tratamento de saúde, arrecadação de dinheiro, vaquinhas ou angariando insumos na ajuda do dia-a-dia, como leite de caixa ou em pó, achocolatado, itens de higiene pessoal, papel higiênico, fraldas, lenço umedecido, roupinhas, talcos, pomadas e entre outros.

“Nunca podemos nos esquecer das crianças, elas necessitam de nossa ajuda sempre. Se cada um puder colaborar com algo, já teremos êxitos nas nossas ações. Todos nós podemos fazer algo por alguém, seja ajudando ou divulgando o que está acontecendo”, concluiu Rodrigo.

Colaboradores

Foto: Arquivo Pessoal – Facebook

Diversas pessoas colaboram na Ação do Bem, seja divulgando ou participando das ações nas redes sociais, uma delas é o jornalista Rodolfo Milone, que conta a importância de poder auxiliar no projeto. “ Pra mim é um prazer enorme participar desse projeto, ele tem um apelo que é fortíssimo, que é ajudar o próximo. Nunca devemos menosprezar as necessidades alheias. Todo mundo tem que ter dignidade para viver”, enfatiza o jornalista.

Como ajudar?

Para as pessoas que gostaram e tem a intenção de ajudar a Ação do Bem, o caminho para saber o que está rolando e acontecendo é pelo o Instagram do Porjeto, basta acessar: https://www.instagram.com/acaodobemsantos/

Participe você também!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui