Adail Filho deve explicar acúmulo de cargos na Prefeitura de Coari


O prefeito de Coari (a 368 quilômetros de Manaus), Adail Filho deve explicar à Justiça o acúmulo ilegal de cargos na prefeitura. A determinação é do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM).

Conforme denúncia, o executivo municipal teria, aproximadamente, 200 servidores irregulares. Os trabalhadores ocupam mais de um cargo público.

O fato pode causar dano à administração municipal. O prefeito tem até a próxima semana para fazer suas justificativas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui