Amazonino não conseguiu prender os 35 fugitivos do Compaj e AM segue sem segurança

Equipe da Giuliani Security & Safety visitando órgãos do sistema de segurança pública do Amazonas, uma espécie de turismo financiado pelo governo de Amazonino Mendes – foto: google

O governo de Amazonino Mendes (PDT) espalha notícias na mídia do Amazonas, dizendo que tem um plano para a segurança do Estado, mas, sequer conseguiu prender os 35 fugitivos de alta periculosidade que fugiram do Centro de Detenção Provisória de Manaus 2 (CDPM 2), localizado no km 8 da BR-174, no último dia 12 de maio de 2018.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) chegou a disponibilizar fotos e nomes dos fugitivos mas não desenvolveu nenhuma ação efetiva para recapturar os condenados, que podem estar ligados à onda de violência em todo o Amazonas.

Coincidência

Coincidentemente, foi depois da fuga do Centro de Detenção, que começaram a intensificar as mortes violentas na capital e no interior. De maio para cá, as delegacias de polícia registram crescimento assustador nos índices de violência com inúmeros assassinatos, degolas, decapitação filmadas e lançadas nas redes sociais, facadas, execuções, linchamentos, estupro. É o terror implantado em um Estado repleto de Leis, mas sem segurança para a população.

Números divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), colocam o Amazonas como o 7º estado com maior crescimento no número de assassinatos no Brasil e o 3º da região Norte, em pesquisa recentemente divulgada em junho desse ano.

Cenas cada dia mais rotineiras em todo o Amazonas – foto: google

Para se ter uma ideia, em um único final de semana de julho de 2018, o Instituto Médico Legal (IML) registrou 14 assassinatos, com requinte de violência extrema. Foram encontrados corpos esquartejados e degolados nos bairros da Compensa, Jorge Teixeira, no Parque 10 e no do Igarapé do Bariri, no bairro Presidente Vargas.

O crime organizado ‘tirou os seus soldados de dentro da penitenciária’ e o Governo de Amazonino Mendes calado estava, calado ficou. Enquanto isso, a população fica assistindo o eterno conflito de gangues sanguinárias e vendo que o governo no tem nenhuma solução para a onda de violência, que até as emissoras nacionais já divulgaram.

O Amazonas está sendo conhecido no resto do Brasil pelo número de mortes violentas registradas diariamente, inclusive pela Rede Globo. E o governo com soluções fantasiosas, frases de efeito, mídias pagas e relatórios milionários, tudo pagos para tentar abafar o que está à vista de todos.

Hoje, não se vê uma proposta, um projeto, uma ação que possa minimizar a violência no Estado. O certo é, a população não pode eleger um representante, um governador que não tenha uma proposta de segurança para o Amazonas.

Iguais a esse, tem outros 29 à solta pelo Amazonas – foto: recorte

A lista de foragidos do CDPM 2 é a que segue:
Para o bem do Amazonas, ajudem o governador a encontrar uma forma de prendê-los:

1. Adalberto Salomão Guedes da Silva (vulgo Salomão)
2. Alex Viana de Jesus (vulgo Ageu)
3. Alexandre Alves da Silva (vulgo Cagão)
4. Alexandre Marques Nascimento
5. Alexsandro Oliveira dos Santos (vulgo Sandrinho)
6. Anderson Gustavo Ferreira da Silva
7. André Souza da Silva
8. Andrezo Jackson Souza da Silva
9. Carlos Alex Bruno da Silva
10. Cleibe Gonzaga de Lima (vulgo JR)
11. Cleiton Leal de Alencar (vulgo Macaco)
12. Cristiano Castro da Silva
13. Enderson Fonseca de Brito (vulgo Buiu)
14. Erick de Souza Lima
15. Ewerton de Souza Cruz
16. Francisco Daulison Lima da Silva
17. Geremias Ribeiro da Silva (vulgo Gere)
18. Igor Fernando da Silva Ribeiro
19. Izaque Francisco de Santana Neto
20. Johnson Alves Barbosa (vulgo Playboy)
21. José Francisco dos Anjos Rodrigues
22. Josué Mota de Oliveira
23. Julio Cesar Lavor Chaves
24. Kaio Wuellington Cardoso dos Santos (vulgo Mano Kaio)
25. Manoel Junio Monteiro Bastos
26. Marcos José Souza da Silva
27. Matheus Siqueira Gomes (vulgo Kaka)
28. Michel Santos de Oliveira
29. Moisés da Silva Lira
30. Pedro Ramos de Carvalho Neto
31. Rodrigo Azevedo Gaia
32. Roney Marinho Machado (vulgo Toney)
33. Valdecy da Silva Cardoso
34. Wagner Roberto Tavares dos Santos
35. Wellington Pereira Marques

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui