Cidades Polícia

Após 27 dias, desaparecimento de adolescente no Rio Negro intriga polícia

Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros
Redação I
Escrito por Redação I

O desaparecimento de um adolescente de 15 anos em Manaus continua em aberto após 27 dias de investigação. Segundo a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), um grupo de testemunhas foi questionado nesta semana e reforçou a possibilidade de afogamento no Rio Negro.

Rayner Vinicius da Silva Gonçalves foi visto pela última vez no dia 16 de dezembro do ano passado. Segundo a titular da Depca, Joyce Coelho, o jovem saiu de casa para caminhar na Praia da Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus, por volta das 18h30 – horário confirmado pelo grupo de testemunhas questionado pela polícia.

“Localizamos uma mulher venezuelana que estava com o celular do adolescente no Centro da cidade. Ela conta que estava no Complexo Turístico Ponta Negra consumindo bebidas alcoólicas com amigos e, por volta das 19h, quando estava tomando banho no rio, avistou um rapaz com as características de Rayner nadando em direção à boia de segurança. Minutos depois, essa pessoa teria ultrapassado o perímetro permitido para banhistas e se afastou da boia. Logo depois, não foi mais vista”, contou Coelho.

Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros

O grupo relatou ainda que, ao retornar para a areia da praia, encontrou um tênis, uma camisa, uma chave e o aparelho celular de Rayner. Um dos venezuelanos pegou o aparelho de dentro do tênis.
De acordo com a autoridade policial, a mulher colocou o chip do aparelho telefônico no celular dela.

A delegada informou ainda que o celular do adolescente foi recuperado com um homem de 20 anos, que assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pela posse do telefone, que será periciado.

“Vamos solicitar a varredura do aparelho para termos acesso a todas as informações de 15 dias antes e depois do desparecimento”, explicou a delegada.

Buscas

Nesta sexta-feira (11), a equipe de policiais civis da Depca, em uma ação conjunta com o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM), realizou buscas no Complexo Turístico Ponta Negra em continuidade às investigações em torno do desaparecimento de Rayner.

Segundo Joyce, nenhum sinal do jovem foi encontrado durante as buscas. A delegada informou ainda que, caso alguma novidade no caso aconteça que exija a ação dos bombeiros, a corporação deverá ser acionada novamente.

Fonte: G1

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.