Bandeira do Brasil é projetada em montanha Suíça para emitir força aos brasileiros

A montanha mais conhecida dos alpes suíços ganhou as cores da bandeira do Brasil - Foto: Reprodução/Gerry Hofstetter

A montanha Matterhorn, também conhecido por Monte Cervino, nos Alpes Suíços, ganhou as cores verde e amarelo por 30 minutos, depois que a bandeira brasileira foi projetada no cume na noite da última terça-feira, 21.

O espetáculo em um dos montes mais famosos da Europa fez parte de um projeto proposto pelo artista suíço Gerry Hofstetter, que se dedica a transformar paisagens em objetos de arte, especialmente em momentos difíceis como o atual.

O projeto propôs enviar uma mensagem de esperança e solidariedade aos países do mundo todo para enfrentar a pandemia causada pelo novo coronavírus.

“Iluminando o Matterhorn como um sinal de esperança e solidariedade em meio a crise do coronavírus”, descreveu ele em suas redes sociais.

Observando as condições climáticas, Gerry e sua equipe iluminaram a montanha todos os dias com imagens de bandeiras de todas as nacionalidades desde o dia 24 de março e foi a vez do Brasil aparecer no cume da montanha das 21h30 até às 22h na última terça-feira em um lindo espetáculo.

Não foi à toa que escolheram a montanha Matterhorn para realizar esta façanha.

A paisagem, localizada na cidade de Zermatt, na fronteira da Suíça com a Itália, é símbolo de força e estabilidade para os suíços e foi apelidada de “montanha das montanhas”.

Fonte: Bons Fluídos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui