Bombeiros brasileiros são mais eficientes que os israelitas, em Brumadinho

Os equipamentos trazidos de Israel para Brumadinho (MG) "não são efetivos para esse tipo de desastre" – foto: 247

A ajuda que o presidente Jair Bolsonaro obteve de Israel para encontrar os corpos da ‘tragédia-crime da Vale’ em Brumadinho pode ser apenas mais um factoide do presidente.

Segundo o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros de Minas Eduardo Ângelo, que comanda o resgate, os equipamentos trazidos por militares israelenses “não são efetivos para esse tipo de desastre, diferente dos equipamento do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais”.

Os equipamentos trazidos de Israel para Brumadinho (MG) “não são efetivos para esse tipo de desastre” – foto: 247

O ministro de Israel se pronunciou a respeito das dificuldades que eles tiveram. O imagiador que eles têm pegam corpos quentes, e todos os corpos [na região] são frios. Então esse já é um equipamento ineficiente”, disse o tenente-coronel ao jornalista Rubens Valente, da Folha de S. Paulo.

Então esse já é um equipamento ineficiente”, disse ele. Até o momento, 60 corpos já foram retirados dos rejeitos e outras 292 pessoas continuam desaparecidas.

247

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui