Chance de cinturão para Bate-Estaca e título meio-médio em jogo no UFC 228

Foto: Divulgação

Até a véspera do evento, o UFC 228 viveu grandes emoções, com alguns dos principais destaques de sua programação desfalcando o card de última hora. Apesar das baixas, o evento deste sábado em Dallas ainda promete ser um dos melhores eventos do ano, e destaca duas lutas de grande interesse para o público brasileiro. A luta principal é a disputa de cinturão peso-meio-médio entre o atual campeão, Tyron Woodley, e o desafiante inglês Darren Till, natural de Liverpool, mas que impulsionou sua carreira após treinar no Brasil. Já a co-luta principal traz a paranaense Jéssica “Bate Estaca” Andrade num duelo com a polonesa Karolina Kowalkiewicz, cujo resultado pode colocar uma das duas frente a frente com a campeã peso-palha, Rose Namajunas.

O Combate transmite o UFC 228 ao vivo e com exclusividade neste sábado, a partir de 19h (horário de Brasília). O SporTV 2 transmite o card preliminar, e o Combate.com acompanha em Tempo Real com as duas primeiras lutas em vídeo ao vivo.

Bate-Estaca provavelmente já poderia estar disputando o cinturão peso-palha. A brasileira é a segunda colocada do ranking da categoria, atrás apenas da ex-campeã Joanna Jedrzejczyk, que perdeu para a atual campeã Namajunas duas vezes seguidas. Andrade enfrentou Jedrzejczyk pelo cinturão há pouco mais de um ano, também em Dallas, e perdeu por decisão unânime; desde então, venceu duas lutas de forma convincente.

Sua adversária, Karolina Kowalkiewicz, também tem um bom caso para merecer uma nova disputa de cinturão. Outra vítima de Jedrzejczyk, a polonesa perdeu para Cláudia Gadelha em 2017, mas venceu Jodie Esquibel e Felice Herrig em seguida para se colocar na quarta posição do ranking. Além disso, ela possui uma vitória sobre Namajunas em seu cartel.

O confronto foi movido para a posição de co-luta principal do evento após o cancelamento da disputa do cinturão peso-mosca entre Nicco Montaño e Valentina Shevchenko – a então campeã Montaño foi hospitalizada após sofrer complicações nos rins, não compareceu à pesagem de sexta-feira e foi destituída do cinturão. Foi o segundo desfalque no card principal; há cerca de duas semanas, o mexicano Yair Rodriguez sofreu uma lesão e saiu da esperada luta contra o russo Zabit Magomedsharipov pelo peso-pena. Ele foi substituído pelo americano Brandon Davis.

Foto: Divulgação

A luta principal do torneio, que muitos esperavam que pudesse cair devido a uma recente falha de Darren Till em bater o peso, continua intacta. O campeão peso-meio-médio, Tyron Woodley, defende seu cinturão pela quarta vez; o americano, sétimo colocado do ranking peso por peso do UFC, não perde desde 2014. Pela frente, ele terá um inglês que jamais perdeu, ponto. Till, que fez a maior parte de suas lutas enquanto residente de Balneário Camboriú-SC e representante da Astra Fight Team, tem 17 vitórias e um empate no cartel, incluindo cinco triunfos no Ultimate.

Confira o card completo do evento:

UFC 228

8 de setembro de 2018, em Dallas (EUA)

CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):

Peso-meio-médio: Tyron Woodley x Darren Till
Peso-palha: Jessica Bate-Estaca x Karolina Kowalkiewicz
Peso-pena: Zabit Magomedsharipov x Brandon Davis
Peso-galo: Jimmie Rivera x John Dodson
Peso-meio-médio: Abdul Razak Alhassan x Niko Price

CARD PRELIMINAR (19h15, horário de Brasília):

Peso-palha: Carla Esparza x Tatiana Suárez
Peso-galo: Aljamain Sterling x Cody Stamann
Peso-meio-médio: Geoff Neal x Frank Camacho
Peso-médio: Charles Byrd x Darren Stewart
Peso-meio-médio: Diego Sanchez x Craig White
Peso-leve: Jim Miller x Alex White
Peso-galo: Irene Aldana x Lucie Pudilova
Peso-mosca: Roberto Sanchez x Jarred Brooks

Fonte: Sport TV

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui