Chico Doido pode sofrer impeachment por desvio de verbas da Previdência Municipal

Desde a saída do seu chefe de governo, George Gomes, o prefeito Chico Doido está cada dia mais fragilizado - foto: divulgação

Por unanimidade, a Câmara Municipal de Iranduba aprova na manhã dessa terça feira (13), o pedido de investigação e afastamento do prefeito Francisco Gomes da Silva (DEM) – Chico Doido, por improbidade administrativa e desvio de dinheiro do instituto previdenciário municipal – Iprev, recolhido no ano de 2017 a início de 2018.

Chico Doido foi denunciado por pela servidora da prefeitura e moradora de Iranduba Rosane Corrêa, que protocolou documento na Câmara Municipal pedindo providência dos parlamentares sobre a utilização indevida de verbas de segurados, pelo prefeito.

A Sessão de hoje, segundo a vereadora Geiner Oliveira (PCdoB), foi decisiva, com 11 votos a favor da investigação e apenas um faltoso.

Chico Doido não repassou ao órgão de previdência do município mais de R$ 4,2 milhões do que recolheu em 2017 e de junho a outubro deste ano do salário de servidores efetivos.

Desde a saída do seu chefe de governo, George Gomes, o prefeito Chico Doido está cada dia mais fragilizado – foto: divulgação

Só em 2017 teriam sido R$ 2,5 milhões em obrigações patronais, de acordo com a denúncia. A prefeitura também reteve mais de R$ 1,6 milhão que descontou do salário dos servidores efetivos em 2017.

Hoje mesmo foi instalada a Comissão Processante formada pelos vereadores Josué Lomas (PRB), Kelison Dieb (MDB) e Larissa Gomes (PSDB), que foram escolhidos para investigar o prefeito Chico Doido e entregar o resultado ao presidente da Câmara, Alexandre Karbajal, para instauração da CPI.

Após os prazos legais, o relatório será votado em plenário e pode ser determinante para o afastamento do prefeito Chico Doido imediatamente. Estima-se que em 20 dias poderá ser realizada a Sessão de afastamento ou não do prefeito por crimes políticos-administrativos. Cabe defesa.

Post, com as denúncias da servidora….

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui