Confusão entre atrizes veteranas termina em delegacia

Léa Garcia, de 82 anos, é acusada de ter agredido com um tapa a atriz Gigi Brandão, de 42.
Léa Garcia, de 82 anos, é acusada de ter agredido com um tapa a atriz  Gigi Brandão, de 42.
Léa Garcia, de 82 anos, é acusada de ter agredido com um tapa a atriz Gigi Brandão, de 42.

Léa Garcia, de 82 anos, é acusada de ter agredido com um tapa na cara a atriz Gigi Brandão, de 42. As informações são do jornal Extra.
Segundo a publicação, a confusão aconteceu durante uma discussão das duas no Sindicato dos Artistas do Rio, e foi parar na 5ª DP (Centro), com Gigi registrando queixa de agressão e ameaça.

 
O jornal afirma que Gigi alegou que foi impedida por Léa de participar do ciclo de leituras dramatizadas que aconteceria no Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio (Sated). Ela teria sido convidada pelo diretor Délcio Marinho para integrar o elenco do projeto. Ao chegar no local, foi informada por Lea, que é diretora artística do Sated, que não haveria mais vagas. A partir daí os ânimos se alteraram.
O jornal chegou a entrevistar Léa a respeito do ocorrido.

 
— Eu me excedi, sim. Mas ela me agrediu verbalmente, me enfrentou! Veio para cima de mim discutindo e colocou o dedo na minha cara. Nessa hora, eu segurei o dedo dela e devo ter dado o tapa, mas não quero mais falar disso. Fui muito desrespeitada e humilhada, e as pessoas só condenam agressões físicas, nunca as verbais.

 
O jornal Extra diz ainda que Gigi chegou a fazer um exame de corpo de delito para comprovar a agressão. Léa foi intimada a prestar explicações na delegacia.
(R7)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui