Dia 21 de agosto é o prazo dado para evitar a Greve dos Rodoviários

"Paralisação dos sistema depende dos empresários", decide a categoria de motoristas e cobradores - foto: Gabriel Guimarães

Os trabalhadores do sistema de transportes urbanos de Manaus realizaram uma Assembléia Geral, na sede do Sindicato dos Rodoviários e, decidiram que vão dar um prazo até o próximo dia 21 de agosto para os empresários do setor pagar o salário reajustado ou irão paralisar os ônibus da capital por tempo indeterminado.

A decisão de greve em caso dos empresários endurecerem o jogo, foi comunicada pelos diretores do Sindicato dos Rodoviários logo após o término da Assembléia ocorrida na tarde dessa sexta feira (14).

A categoria compareceu em peso à Assembléia – foto: Gabriel Guimarães

Para o presidente interino da categoria, Josenildo Mossoró, a decisão de greve ou não, depende dos empresários.

De acordo com Mossoró e o vereador representante da categoria, Jaildo Oliveira, “os trabalhadores não estão muito preocupados com demissão, eles querem é reajuste salarial e o Sindicato apoia a decisão dos trabalhadores”, pontuaram.

A greve dos rodoviários está decidida para começar ou não, logo após a entrega dos comprovantes de pagamento no dia 21 de agosto, na porta das garagens. “Se o pagamento não vier com o reajuste, a greve inicia na hora”, sentenciou Mossoró.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui