Dia D contra os resíduos sólidos vai ser feito em outras bacias hidrográficas

Foto: Altemar Alcântara / Semcom

A partir deste ano, a ação socioambiental “Dia D – Todos Contra os Resíduos Sólidos” passará a ser realizada mais de uma vez por ano e em diferentes pontos de bacias hidrográficas da cidade. A medida já começará a ser posta em prática com uma mobilização nas margens do Igarapé do 40, no trecho próximo das nascentes do curso d’água, que se encontram protegidas no Refúgio da Vida Silvestre Sauim Castanheiras, no Distrito Industrial 2. O anúncio foi feito pelo secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Júnior, durante a quarta edição do Dia D, realizada na manhã deste sábado, 28/10, no Parque Municipal do Mindu, bairro Parque Dez, zona Centro-Sul.

O Dia D tem como finalidade sensibilizar a população com relação aos malefícios causados ao meio ambiente pelo descarte de resíduos nas ruas e igarapés da cidade. O secretário Antonio Nelson, recebeu os participantes enaltecendo a disposição de todos em compartilhar a experiência de contribuir com a retirada dos mais diferentes tipos de resíduos que se acumulam no leito do igarapé, no trajeto interno do parque.

Para ampliar essa integração, a Semmas instituiu em junho deste ano o Programa Agente Ambiental Voluntário, que visa formar turmas de prestadores de serviços ambientais voluntários que participam de formações no órgão e passam a desenvolver atividades de educação ambiental e nas áreas protegidas municipais. “Além de aceitar atuar de forma voluntária, os agentes acabam trazendo contribuições importantes sugerindo ações que possam gerar atividades práticas na áreas onde residem”, explicou o diretor de Áreas Protegidas da Semmas, Márcio Bentes, lembrando que o igarapé do 40, logo que sai dos limites da unidade de conservação, passa a sofrer com o problema do descarte irregular de resíduos.

Foto: Altemar Alcântara / Semcom

O Programa Agente Ambiental Voluntário permite a participação de grupos sociais mobilizados em favor do meio ambiente nas atividades da secretaria. “Na cidade inteira existem grupos sociais fazendo ações e o programa vem para reunir e sistematizar ações e pessoas”, completou Márcio Bentes. Atualmente, a Semmas já possui mais de 200 pessoas cadastradas e quatro turmas de agentes ambientais voluntários formadas. A parceria com a iniciativa privada também é fomentada pela secretaria nas ações do Dia D – Todos Contra os Resíduos Sólidos.

Plantio simbólico

A Keihin Tecnologia do Brasil, multinacional japonesa que atua na fabricação de peças para motocicletas e automóveis, participa das ações desde a primeira edição do Dia D – Todos Contra os Resíduos Sólidos. O presidente da empresa, Tatsuo Oishi, e o diretor industrial Ktsuhiro Sato, fizeram o plantio simbólico de uma muda de jatobá no interior do parque, antes de participarem da coleta de resíduos.

“Nossa parceria com a Semmas é motivo de satisfação para nós que fazemos a Keihin Tecnologia do Brasil e estaremos sempre juntos”, comentou o presidente Tatsuo Oishi. A empresa está presente em 18 países e no Brasil, começou suas atividades em 2000 e tem como foco a preocupação com o meio ambiente produzindo peças ecologicamente corretas e realizando ações socioambientais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui