Dinheiro da merenda escolar de Presidente Figueiredo foi parar em Borba

Agricultores afirmam que prefeita manda dinheiro para outros municípios - foto: recorte/recuperada

O programa de Alimentação Escolar e Creches do município de Presidente Figueiredo (a 107 km de Manaus), teria R$ 83.608,67 das verbas destinadas à compra de gêneros alimentícios da agricultura familiar, se as verbas não tivessem ido parar na Cooperativa dos Produtores Rurais de Borba (COOPBOR), conforme consta em publicação do Diário do Município, extrato de licitação nº 050/2022, assinado pela prefeita Patrícia Lopes do MDB.

A prefeita seria aplaudida por professores, alunos e os comunitários, caso a alimentação fosse adquirida na agricultura familiar de Presidente Figueiredo, mas ela preferiu comprar de produtores rurais de um município distante da sua administração e, isso está sendo questionado pelos agricultores locais.

Perguntas sem respostas

Em áudio, enviado ao Portal Correio da Amazônia, agricultor diz que esta é mais uma prova de que o dinheiro destinado a Presidente Figueiredo, não fica no município.

“Como é que uma administradora contrata serviço de um município distante e deixa os agricultores local sem nada. Será que ela valoriza as pessoas da terra? Será que a prefeita está preocupada com a população de Presidente Figueiredo? Será que ela pensa no sofrimento dos agricultores e a vida que eles levam, a dificuldade que eles têm nos ramais?”, questiona.

Tem ‘coisa’ errada

Continuando, o agricultor diz que não consegue entender a cabeça de uma administradora que contrata serviço de outro município, leva todo os recursos para fora e deixa os produtores do seu próprio município totalmente vulneráveis.

O agricultor ainda afirma que existem muitas famílias de agricultores abandonadas nos ramais, sem trafegabilidade, abandonados à suas próprias sortes. “Tem alguma coisa errada nisso. Uma pessoa sã, dentro das suas faculdades mentais, não faria isso -, levar o dinheiro para outro município, podendo beneficiar as pessoas da sua administração”, finaliza.

Diário Oficial do Município:

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui