A ineficiência no combate à poluição sonora está na mira do MPC

Fotos: Divulgação / Semmas

Após reunião entre representantes do Ministério Público de Contas (MPC) e de vários órgãos municipais e estaduais, o órgão ministerial instaurou Procedimento Preparatório para apurar possível ineficiência de órgãos públicos no combate à poluição sonora. O MPC recebeu uma série de denúncias populares relacionadas à perturbação de sossego e poluição sonora em Manaus.

O barulho que incomoda os denunciantes é causado por bares, casas de festas e de shows com situação irregular. Em parceria com o Ministérios Públicos do Estado (MPE) e Federal (MPF), a Coordenadoria do Meio Ambiente vem promovendo e intermediando a gestão integrada dos vários órgãos de controle e polícia administrativa para melhorar os índices de atendimento à população, prejudicada pela falta de maior rigor no combate a essas ocorrências em Manaus.

A reunião ocorrida na manhã desta sexta-feira (11) dá sequência a uma série de audiências com o objetivo de traçar estratégias que garantam a qualidade na prevenção e combate à poluição sonora na capital amazonense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui