Em meio a denúncia de cartel, Prefeito Adenilson Reis, terá aumento de 27% no salário

Foto: Divulgação

Conforme informado pelo Correio da Amazônia, o prefeito de Nova Olinda do Norte (a 138 quilômetros de Manaus), Adenilson Reis, foi denunciado por participar de cartel. Agora, ele sancionou uma lei que autoriza o aumento de seu salário em até 27,77%.

As remunerações do vice-prefeito, secretários, subsecretários e vereadores do município também sofrerão alterações. Os reajustes passam a valer a partir de janeiro do próximo ano.

Com o aumento, o salário de Adenilson passará de R$ 18 mil para R$ 23 mil. Já a remuneração do vice-prefeito Noé Barros ficará em torno de R$ 15,5 mil.

Os secretários e subsecretários sairão de R$ 5,1 mil para R$ 6 mil e de R$ 3,1 mil para R$ 3,5 mil. Quanto aos vereadores, o reajuste será de 10%, saindo de R$ 5,5 mil para R$ 6.050.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui