Estelionatário é preso pela polícia Civil, no Conjunto Parque das Laranjeiras

Foto: Divulgação/ Assessoria de Imprensa da PC-AM

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Aldeney Goes, titular da unidade policial, cumpriu na manhã desta terça-feira (12/3), por volta das 10h, no Conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores, zona centro-sul de Manaus, mandado de prisão preventiva por estelionato em nome de Dorian Moreira Cavalcanti Júnior, 31, investigado por se passar por empresário para se apoderar de bens pertencentes a terceiros.

De acordo com a autoridade policial, no dia 23 de janeiro deste ano, Dorian e um comparsa, já identificado pela polícia, fingiram ser empresários, utilizando nomes falsos para obter de forma ilícita quatro contêineres que estavam guardados em uma propriedade particular na estrada da Praia Dourada, bairro Ponta Negra, zona oeste de Manaus. Segundo o delegado, a dupla contratou dois caminhões de uma empresa de transporte para levar os contêineres ao porto do bairro São Raimundo, naquela mesma zona, onde iriam se apropriar do bem.

“O dono do imóvel particular, um homem de 47 anos, chegou até o local supracitado, no momento em que os funcionários da empresa de transporte estavam fazendo a retirada dos contêineres. A vítima percebeu o golpe e acionou os policiais civis do 19° DIP. Dorian conseguiu fugir sem levar os contêineres. Durante as investigações em torno do caso, representei à Justiça o pedido de prisão preventiva em nome dele. A ordem judicial foi expedida no dia 14 de fevereiro deste ano pela juíza Patrícia Macêdo de Campos, da 8ª Vara Criminal”, informou Goes.

Foto: Divulgação/ Assessoria de Imprensa da PC-AM

Conforme o delegado, na manhã desta terça-feira (12/3), por volta das 10h, Dorian, que estava sendo monitorado pela equipe do 19° DIP, foi preso quando se preparava para aplicar um novo golpe, subtraindo contêineres que estavam alocados no Conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores. Segundo o delegado, o infrator acumula processos por crimes contra o patrimônio, praticados no Estado.

Dorian foi indiciado por estelionato. Ao término dos procedimentos cabíveis no 19° DIP, ele será conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), localizado no quilômetro oito da rodovia federal BR-174, onde irá ficar à disposição da Justiça.

Aldeney Goes pede às pessoas que possam colaborar com informações sobre o caso, que entrem em contato com a equipe do 19º DIP pelo número (92) 99962-4415, o disque-denúncia da unidade policial. “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui