Estudantes podem usar internet e computadores das escolas para inscrições do Enem

Nesta segunda-feira (12/07), escolas farão o "Dia D para o Enem" - Foto: Lincoln Ferreira / Seduc

Para motivar os estudantes da rede pública estadual, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto vai promover, nesta segunda-feira (12/07), o “Dia D para o Enem”. Os alunos poderão utilizar computadores e a internet das escolas para realizar as inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O prazo final para se inscrever é na próxima quarta-feira (14/07).

Em 2021, a rede pública estadual de ensino está atendendo mais de 60 mil estudantes do 3º ano do Ensino Médio, que são o público alvo da mobilização. Além de permitir a utilização dos recursos tecnológicos, também estarão disponíveis servidores da educação que possam auxiliar no ato da inscrição. A ideia é que o auxílio aos estudantes seja intensificado nesta reta final das inscrições.

O objetivo, segundo a secretária Executiva Adjunta de Gestão da Capital, Arlete Mendonça, é garantir que mais estudantes tenham acesso ao exame, que é uma das principais formas de acesso às universidades públicas. “Estamos com foco em 100% dos nossos estudantes de 3º ano, mas também vamos auxiliar todos que quiserem participar. Nossas escolas estão, desde o início das inscrições, autorizadas a fazer esse trabalho”, destacou.

A ideia é que o auxílio aos estudantes seja intensificado nesta reta final das inscrições.

No interior, para alcançar ainda mais servidores e alunos, a secretária Executiva Adjunta de Gestão do Interior, Ana Maria Araújo, autorizou a liberação das redes de internet para a comunidade nas escolas do Ensino Mediado. “Desde o início das inscrições estamos com o sinal do Ensino Mediado liberado para que a inscrição seja feita na própria comunidade, já que, muitas vezes, a escola é o único espaço com internet”, explicou a secretária.

Mobilização – Desde o dia 30 de junho, quando começaram as inscrições, tanto as escolas da capital quanto as do interior estão trabalhando para garantir o acesso dos estudantes da rede pública estadual ao exame. Após esta segunda-feira (12/07), as escolas continuarão à disposição para auxiliar todos que tiverem interesse em participar.

A ideia é que o auxílio aos estudantes seja intensificado nesta reta final das inscrições.

Documentos – Para concluir a inscrição, os candidatos precisam ter em mãos os documentos de identidade, CPF, informações do endereço completo (nome da rua, bairro, número e CEP). Além disso, é necessário também telefones e e-mails válidos.

Os alunos que precisarem de atendimento devem realizar a solicitação no momento da inscrição e informar as condições que motivam o pedido.

Os participantes que se identificam e querem ser reconhecidos socialmente pela sua identidade de gênero (participante transexual, travesti ou transgênero) podem solicitar o tratamento pelo nome social, no período de 19 a 23 de julho, pela Página do Participante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui