Fuam é reconhecida como Centro Colaborador da OPAS/OMS

Fundação Alfredo da Matta (Fuam) - Foto: Divulgação/Secom

A Fundação Alfredo da Matta (Fuam) foi nomeada como Centro Colaborador da Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial de Saúde (OPAS/OMS) para controle, treinamento e pesquisa em Hanseníase na região das Américas.

De acordo com o diretor da Fuam, Ronaldo Derzy Amazonas, a escolha foi anunciada pela OPAS no último dia 21 de fevereiro, após apresentação do plano de trabalho conjunto para os próximos quatro anos.

“A Fuam foi designada, pela primeira vez, como Centro Colaborador da OPAS/OMS em 1998, por um período de quatro anos. E a cada final de período, é necessário novo plano de trabalho e apresentar nova proposta para que possa continuar como centro colaborador. E para o ano de 2019, foi apresentada uma nova proposta discutida em conjunto com a OPAS/OMS. Após a finalização do plano de trabalho, foi aprovada a redesignação para o próximo quadriênio (03/2019 a 03/2023)”, explicou.

O propósito da colaboração, segundo o diretor, é fortalecer e ampliar a cooperação técnica entre países, facilitando informações, serviços e consultoria, estimular e apoiar o treinamento e a pesquisa.

“Por isso, a importância da OMS implementar a cooperação de Centros Colaboradores como instrumentos eficazes de cooperação técnica para conseguir melhores níveis de saúde para todos”.

Fundação Alfredo da Matta (Fuam) – Foto: Divulgação/Secom

Ronaldo Amazonas ressalta que essa decisão da OMS/OPAS é um gesto de reconhecimento da capacidade técnica e científica da instituição e seu corpo funcional de darem as respostas adequadas e eficientes no controle da hanseníase em todo o estado não apenas demonstrando eficácia operacional, mas também promovendo a capacitação de técnicos e profissionais para que as estratégias de combate às endemias alcancem as metas e os objetivos programados.

Ronaldo Amazonas recorda ainda que foi na sua segunda gestão à frente da Fundação, no ano de 1998, que a Fuam alcançou tão elevado grau de reconhecimento e destaque no cenário científico e tecnológico internacional. Reconhecimento este que os servidores da instituição saberão honrar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui