Gabigol pode ser do Flamengo por R$ 75 Milhões, antes do Qatar

Gabigol comemorando um gol na copa do Brasil - foto: arquivo/recorte

A diretoria do Flamengo não quer perder tempo quando o assunto é Gabigol. Embora no discurso diga que a definição sobre a permanência do atacante só deve acontecer após o Mundial de Clubes, os dirigentes esperam uma reunião nos próximos dias, antes do embarque para o Qatar, sexta-feira, com os representantes do jogador, para que o acordo seja debatido de forma definitiva.

Segundo O GLOBO apurou, tudo seria alinhado para finalizar a compra junto à Inter de Milão e o jogador poderia assinar um novo contrato de até cinco anos no retorno do time do no dia 22. O empréstimo termina no dia 31 de dezembro.

A informação dos bastidores do Flamengo é que já há através do estafe do atacante um sinal verde para finalizar o negócio. Ou seja, discutir a questão financeira e o projeto esportivo considerando a vontade do jogador em permanecer. Vontade esta que também é compartilhada por familiares e representantes do atleta.

A negociação prevê a compra junto à Inter de Milão de 80% dos direitos econômicos, por cerca de R$ 75 milhões, o equivalente a 16 milhões de euros. Os representantes do jogador, o empresário Junior Pedrozzo e o pai de Gabriel, Valdemir Silva, são os responsáveis por sentar-se a mesa com o clube.

O agente volta de viagem da Europa e vinha sondando o mercado exterior para avaliar possíveis ofertas pelo jogador. Já o pai de Gabigol acompanhou o filho nas premiações do Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira. E é figura importante no processo de convencimento do jogador para que ele permaneça no Brasil.

Até agora, a pedida salarial de Gabigol era no mesmo patamar financeiro fechado no empréstimo. Três milhões de euros líquidos em um ano, o que daria cerca de R$ 1,3 milhão por mês. A quantia é difícil até para clubes médios da Europa. O Flamengo fez uma oferta inferior, considerando que 20% dos direitos econômicos já serão do próprio jogador, e o impasse se deu aí.

A intenção é que se chegue a um denominador comum em termos financeiros para que o acordo prévio com a Inter de Milão seja concretizado. O acordo de compra se daria de forma parcelada ao longo do contrato. E estaria dentro do orçamento do Flamengo.

O clube planeja o ano de 2020 a todo vapor, mesmo que se dedique à disputa do Mundial no Qatar. A permanência de Gabigol e a renovação do técnico Jorge Jesus são as prioridades. Mas o treinador tem contrato até maio de 2020.

IG


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui