Garimpeiros, alta da Gasolina e Gás tira a guerra da Ucrânia do noticiário nacional

A americana Ipiranga já controla venda de diesel no Brasil - Foto: recuperada/recorte

A imprensa brasileira, pela primeira vez em uma semana, tirou a guerra na Europa das manchetes principais. Os jornais paulistas optaram por noticiar na capa o fim da exigência do uso de máscaras em São Paulo.

Nos onlines, atenção à decisão da Petrobrás de reajustar o preço de gasolina, diesel e gás, após disparada do petróleo: a alta chega a inacreditáveis 24,9%.

Posto Ipiranga

Outro alerta para o impacto da guerra no Brasil é que, com a disparada do petróleo, a Ipiranga já controla venda de diesel. Na Bahia, combustível já está 35% mais caro. Enquanto isso, a Petrobrás separa R$ 13,1 milhões para pagar bônus a executivos em 2022.

Mais um desastre ambiental

Os jornais dão destaque tímido a uma decisão que terá pode vir a se transformar no próximo grande desastre ambiental sob Jair Bolsonaro. A Câmara aprovou ontem a urgência para projeto de mineração em terra indígena, mas deixa a votação para abril.

Fake News dos garimpeiros

Valor alerta que o projeto esconde uma fake news. A intenção do PL 191 é viabilizar garimpo de ouro em terra indígena, denuncia a deputada Joenia Wapichana (Rede-RR).

No Globo, Míriam Leitão condena: Câmara deu tapa na cara do país. “Proposta interessa a meia dúzia de mineradoras e aos garimpeiros e eles não estão atrás de potássio, e sim de ouro e outros metais nobres. O risco para o país é gigante”, observa.

Ministério Público

O Ministério Público Federal vê falácia em liberação de garimpo em terra indígena e diz que vai contestar projeto. A votação ocorreu enquanto do lado de fora do Congresso era realizado o Ato pela Terra contra o que chamam de pacote da destruição, uma série de projetos criticados por ambientalistas.

O ato foi liderado pelo cantor Caetano Veloso. A foto dele estampa a capa do Globo e o ato ganha repercussão internacional, com despacho distribuído pela Associated Press — leia mais em Brasil na Gringa.

Garimpeiros na BR-163

Estadão revela que garimpeiros avisaram Bolsonaro que farão bloqueio total da BR-163 na madrugada desta sexta. “Grupo enviou ofício ao presidente para informar sobre o protesto no Estado do Pará. Ações de investigação resultaram na destruição de maquinário usado na exploração ilegal”, reporta o jornal.

Arrecadador de Bolsonaro

Estadão traz reportagem com um perfil de Bruno Scheid, apresentado pelo jornal como arrecadador de campanha de Bolsonaro, que conquistou Michelle e Carlos.

Pecuarista, ele também já figurou nas páginas policiais de Rondônia como autor e vítima em situações crimes ligados ao conflito de terras. “Scheid tem livre acesso ao gabinete presidencial do 3º andar do Palácio do Planalto”, informa.

Fora da Agenda

Na última segunda-feira, quando Bolsonaro recebeu um grupo de pecuaristas fora da agenda – o encontro só apareceu registrado no dia seguinte –, o pecuarista estava sentado ao lado esquerdo do presidente – na semiótica da política, uma demonstração de poder e prestígio.

Boletim da Fundação Perseu Abramo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui