Governo leva estudantes da educação especial para treino da Seleção Brasileira

Foto: Drance Jezus/Seduc-AM

Os alunos das escolas estaduais Diofanto Vieira Monteiro, especializada em estudantes com deficiência intelectual; e Augusto Carneiro dos Santos, voltada a alunos surdos e surdos-cegos vivenciaram um momento inesquecível na tarde desta terça-feira (12/10), Dia das Crianças. Os estudantes acompanharam o treino da Seleção Brasileira de Futebol, que aconteceu no Estádio Ismael Benigno, mais conhecido como Estádio da Colina.

Foto: Drance Jezus/Seduc-AM

Ao todo, oito alunos da Educação Especial da rede estadual participaram da ação, promovida pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, em parceria com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O governador Wilson Lima, cumprimentou o grupo e destacou a importância da presença dos alunos. “É uma oportunidade que estamos dando e fico feliz em ver que todos estão abraçando esse momento”, ressaltou.

A Seleção Brasileira está em Manaus para um confronto com a equipe do Uruguai, que ocorre na Arena da Amazônia, na quinta-feira (14/10). A partida é válida pela 12ª rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no Qatar.

Foto: Drance Jezus/Seduc-AM

A gestora da Escola Estadual Diofanto Vieira, Walterlice de Oliveira, conta que esta é uma oportunidade memorável para cada aluno presente no estádio. “Esse treinamento da Seleção Brasileira representa um momento único, tanto que eles estão muito felizes. Para eles, é uma emoção e uma satisfação gigantesca acompanhar os jogadores do Brasil”, salientou Walterlice.

Os estudantes que tiveram a oportunidade de assistir de perto os jogadores do time brasileiro demonstraram todo o apoio e empolgação. “Estou muito ansioso para ver o Neymar, nunca tinha participado de um evento assim. É uma oportunidade única poder representar os alunos da rede estadual no treino da Seleção Brasileira”, explicou o aluno da Escola Estadual Diofanto Vieira, Leandro Lins, de 37 anos.

Foto: Drance Jezus/Seduc-AM

Já o estudante da Escola Estadual Augusto Carneiro dos Santos, Elielton Coelho Rodrigues, 17, conta que, ao saber que acompanharia os jogadores durante o treino, ficou feliz e surpreso.

“Eu estava na escola e, quando soube que participaria do treino, fiquei muito feliz e ansioso. Estar aqui é muito significativo, pois acredito que os alunos surdos precisam ter as mesmas oportunidades que os estudantes ouvintes”, destacou Elielton.

Assim como o colega Leandro, a estudante Ana Shirley, 40, também da unidade Diofanto Vieira, estava ansiosa para ver o ídolo: Neymar. “Eu fiquei ansiosa e agoniada, mas não poderia deixar de vir, pois é a primeira vez que sou convidada a participar de um treino de futebol”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui