Homem é preso por porte ilegal de munição e homicídio, na Zona Norte


Homem é preso por ilegal de munição e homicídio, na Zona Norte

                                                                                        Aldemir Gama da Silva, preso na ZN/Foto: PC

A Delegacia Especializada em Prevenção e Repressão a Entorpecente (DEPRE), da Polícia Civil/AM, prendeu na tarde de ontem (04), Aldemir Gama da Silva, de 36 anos, pelos crimes de porte ilegal de munição e homicídio. Ele foi preso na residência dele, situada na Zona Norte de Manaus.

Os Policiais Civis efetuaram a prisão de Aldemir por volta das 15h30, na casa onde morava, situada na rua Caxiuna, bairro Ismael Aziz, após os investigadores da Delegacia Especializada receberem denúncias informando que o homem comercializava entorpecentes no local. Ele é apontado como um dos maiores traficantes daquele bairro, além de ser temido pelos moradores e por ser bastante agressivo.

De acordo com o Titular da DEPRE, Delegado George Gomes, que coordenou a ação policial, o homem vinha sendo investigado por tráfico de drogas, e por meio de uma denúncia anônima foi informado que no dia de ontem ele iria recolher dinheiro proveniente da renda do tráfico.

Os policiais montaram campana, e no momento em que o suspeito saía da residência com uma bolsa na mão, foi abordado. Durante a abordagem, foi encontrado dentro da bolsa R$ 5 mil em dinheiro e ainda ao realizarem buscas na residência, foram encontrados em um dos cômodos, 14 munições calibre 32 intactas, entretanto, nenhum entorpecente.

Na unidade de polícia, foi constatado que havia um mandado de prisão contra ele, pelo homicídio que vitimou Marivalter Silva Campinas, ocorrido no dia 21 de junho deste ano, na rua Jaca, também no bairro Ismael Aziz. O preso estava na garupa de uma moto e foi ele quem efetuou os disparos contra a vítima que se encontrava em frente de casa.

Aldemir foi autuado por porte ilegal de munição e pelo cumprimento do mandado de prisão por homicídio. Após os procedimentos legais, ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde aguardará a decisão da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui