Ilumina+ Amazonas está sendo concluído em Barreirinha, Tefé e Parintins

Ilumina+Barreirinha - Foto: Divulgação

Barreirinha e Tefé serão os primeiros municípios do Amazonas a terem 100% das ruas iluminadas por LED, por meio do Programa Ilumina+ Amazonas. Executado pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) do Governo do Amazonas, o programa está modernizando o sistema de iluminação pública do interior do Estado.

De acordo com o coordenador executivo da UGPE, engenheiro civil Marcellus Campêlo, os trabalhos estão sendo concluídos também em Parintins, (a 369 quilômetros de Manaus). Em Barreirinha (330 quilômetros da capital), a inauguração do novo sistema de iluminação pública está programada para esta quarta-feira (08/06). Em Tefé (a 175 quilômetros), será na sexta (10/06) e, em Parintins, a previsão de entrega é para 15 de junho.

“Estamos avançando com celeridade. Nossa meta é concluir 25 municípios até dezembro deste ano. Com Maués, cuja iluminação já é 100% de LED, vamos chegar, ao final de 2022, a 26 municípios com essa tecnologia, que deixa as ruas mais iluminadas e mais seguras, além de proporcionar às prefeituras economia no consumo de energia e na manutenção do serviço de iluminação pública das cidades”, explica Marcellus Campêlo.

Em Barreirinha, conforme detalhou, estão sendo substituídos 1.022 pontos de iluminação; em Tefé, 2.744; e em Parintins foi programada a substituição de 5.800 pontos. “O governador Wilson Lima garantiu entregar 100% das ruas de Barreirinha iluminadas com LED para o aniversário da cidade, a ser comemorado em 09 de junho, quinta-feira, assim como Parintins estará toda iluminada para o Festival dos Bumbás”, destacou.

Ilumina + Barreirinha – Foto: Divulgação

Em Itacoatiara, onde o programa iniciou semana passada, os trabalhos também estão a todo vapor, com previsão de entrega no início de julho. Serão substituídos 5.850 pontos de iluminação.

Desde o dia 10 de maio, quando a iluminação de LED começou a ser implantada no interior, já foram substituídos 6.803 pontos de iluminação nas quatro cidades, conforme balanço do último fim de semana.

O programa Ilumina+ Amazonas tem investimento de R$ 110 milhões. Já está em execução em Tefé, Parintins, Barreirinha e Itacoatiara e, ainda este mês de junho, chega a Rio Preto da Eva. Em julho vai para Humaitá, Autazes, Boa Vista do Ramos, Nhamundá e Presidente Figueiredo; em agosto, chega a Iranduba, Manicoré e Uricurituba; em setembro, vai para Berururi, Borba, Coari e Codajás; em outubro, Manacapuru e Novo Airão; em novembro, Benjamin Constant, São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga; e em dezembro, Boca do Acre, Carauari e Eirunepé.

O Governo do Amazonas também firmou convênio com as prefeituras de Atalaia do Norte e Alvarães, e está repassando os recursos que irão utilizar para efetuar a implantação de LED nesses municípios, elevando para 28 a quantidade de cidades contempladas com o programa, nessa primeira fase.

Ilumina + Parintins – Foto: Tiago Corrêa/UGPE

Benefícios

O programa visa modernizar e padronizar o sistema de iluminação pública, substituindo as lâmpadas mistas, de mercúrio ou vapor de sódio e colocando no lugar as luminárias de LED.

As luminárias de LED têm maior eficiência energética, ou seja, iluminam mais com menos consumo de energia. Estima-se uma economia de até 60% em relação às lâmpadas comuns. Também são mais duráveis e, por isso, reduzem os custos com manutenção para as prefeituras do interior. Ruas mais iluminadas contribuem com a segurança das cidades.

A iluminação em LED também reduz o impacto ao meio ambiente. Um dos efeitos benéficos, nesse sentido, é que no interior do estado há muitas termelétricas, nas quais o óleo diesel é utilizado. Com a implantação do programa Ilumina + Amazonas, o consumo de combustíveis fósseis irá reduzir nos municípios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui