Linhas de produção da LG não vai mais para Zona Franca de Manaus

LG e ZFM sofre ataque do ministério da economia e nova planta não chegará a Manaus - foto: recorte/arquivo

O Secretário de competitividade emprego e produtividade do Ministério da Economia, Carlos Costa, que estava representando o ministro Paulo Guedes, hoje (28), na 290° Reunião Ordinária do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS), jogou um ‘balde de água suja’ nas intenções da LG Eletrônics de implantar duas linhas de produção na unidade de Manaus.

O enviado especial de Guedes “retirou na marra o projeto técnico econômico que seria implantado em Manaus, a pedido da LG ao Conselho da Suframa”, se irritou o deputado federal Marcelo Ramos, em vídeo.

Reunião do CAS – Suframa – foto: recorte/divulgação

A empresa LG estava saindo de uma unidade fabril em Taubaté, São Paulo, para produzir micro computadores e monitores de vídeo na Planta de Manaus, mas a intransigência e os ataques sistemáticos de Paulo Guedes, tem causado entraves irreparáveis para a indústria e a economia do Estado.

Essa não é a primeira vez que o Guedes tem protagonizado perdas irreparáveis ao modelo econômico de maior importância para o Amazonas. Aliás, o governo Bolsonaro tem se mostrado ‘inimigo’ do Estado em vários setores, entre eles a indústria da Zona Franca de Manaus (ZFM).

Assista o vídeo com o deputado federal Marcelo Ramos:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui