Manaus realiza Campanha Municipal de Combate ao Bullying Escolar

Foto: Reprodução/Shutterstock

A Prefeitura de Manaus iniciou nesta semana, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), a Campanha Municipal de Combate ao Bullying Escolar 2021, referente ao “Março Laranja”, que faz parte do Calendário Oficial de Manaus.

A meta é alcançar todos os alunos da rede municipal de ensino com ações alusivas à temática, com diversas atividades on-line durante todo o mês.

Segundo a assessora técnica da Gerência de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe) da Semed, Eliana Hayden, o trabalho pedagógico dos educadores sobre a temática é altamente relevante, porque visa informar aos alunos que o bullying é uma atitude desrespeitosa.

“Recebemos a orientação do prefeito David Almeida para que todas as campanhas da Semed tenham o objetivo de desconstruir a cultura da violência e construir a cultura da paz. A campanha ‘Março Laranja’ também tem esse propósito, visto que o bullying, o ciberbullying, como outras formas de violência, são fenómenos que se registram com muita preocupação na vida das crianças e dos adolescentes, podendo ser devastadores, chegando a ter um impacto negativo em várias áreas da vida das vítimas”, disse Eliana.

A assessora técnica disse também que as ações preventivas e educativas têm a intenção de despertar em todos a cultura do respeito, da empatia e da capacidade de se colocar no lugar do outro, evitando a prática repetida da violência, que na maioria das vezes causa danos irreversíveis na vida da vítima.

“A campanha encontra-se no calendário macro e na proposta pedagógica da secretaria. As escolas, ao realizarem o plano de aula, também já inserem o tema ‘Prevenção e combate ao bullying escolar’”, informou.

“Nesse sentido, a Semed orienta as escolas para realizarem algumas ações, de acordo com sua realidade como: propor aos alunos e familiares a realização de estudos e pesquisas sobre o bullying e ciberbullying; implementação de regras de convivência entre alunos e professores para prevenir o bullying escolar; realização de atividades que desperte nos alunos os valores de respeito, tolerância e solidariedade; supervisão e acompanhamento de alunos com comportamentos agressivos e abusivos; realização de rodas de conversas com alunos e famílias para dialogar sobre o bullying, entre outras atividades”, contou Eliana Hayden.

Março Laranja

O “Março Laranja” visa promover, no âmbito escolar e na sociedade em geral, o debate sobre o bullying nas escolas, estimulando campanhas educativas e informativas, bem como a sensibilização, o diagnóstico e a prevenção desse tipo de violência, envolvendo a comunidade, os pais, professores e outros profissionais que atuam nas áreas da educação e da proteção à criança e ao adolescente.

Conheça os vários tipos de bullying:

• Físico – bater, empurrar, cercar, puxar os cabelos, perseguir, roubar ou destruir objetos pessoais da vítima;

• Verbal – difamar, provocar, ameaçar, insultar, colocar apelidos maldosos;

• Sexual – assediar, abusar ou tocar de forma não consentida, indesejada e inapropriada no corpo da vítima;

• Psicológico – coagir, intimidar, discriminar, humilhar, falar impropérios para a vítima;

• Ciberbullying – adotar os comportamentos acima referidos (à exceção dos físicos), através das tecnologias da informação e comunicação. Os comportamentos de bullying podem se encaixar simultaneamente em mais do que um desses tipos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui