Manaustrans que só funciona nos cruzamentos e estacionamentos

Carros tunados, com som nas alturas, estão isentos da fiscalização do Manaustrans.

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) funciona muito bem, quando o assunto é multa nas esquinas e ruas do Centro da cidade. Nesses casos, os marronzinhos estão sempre escondidos com blocos e aparelhos, que mais parecem caixa registradora para engordar o cofre da prefeitura de Manaus.

Mas o mesmo Manaustrans, definitivamente, não funciona quando um cidadão liga pedindo que os agentes de trânsito façam a fiscalização de carros “tunados”, com som nas alturas, incomodando toda uma área do bairro.

Carros tunados, com som nas alturas, não sofrem com a fiscalização do Manaustrans.

No domingo (22), um cidadão morador da Rua Girasol, Lírio do Vale I, amanheceu com um barulho ensurdecedor deum vizinho que estava com um carro de som de Placa: JXX-7469, estacionado em plena rua e o som aberto até o ultimo volume. O cidadão que não quis citar o nome, ligou para o número 08000921188, do Manaustrans inúmeras vezes, mas de nada adiantou.

Detalhe do carro tunado de Placa JXX-7469

O atendente sempre dizendo que uma viatura estava a caminho e que ia falar com o supervisor de área, a cada nova ligação. O cidadão ligou seis vezes para a central do Manaustrans. A primeira, às 12h23 e a derradeira, às 16h37. No fechamento dessa nota, às 17h35, o som estava mais alto ainda.

Redes sociais

Pelo visto, isso é um reflexo da administração altamente questionável do prefeito Arthur Neto do PSDB. Tirando a secretaria de comunicação e marketing  e, a indústria da multa nos cruzamento e ruas do Centro, parece que nada mais funciona na prefeitura de Manaus. A Semcom se esmera em mostrar uma imagem inexistente do prefeito, mas, evidente, está cumprindo o seu papel, com profissionais.

Por outro lado, o Arthur Neto entrou para a história das redes sociais como prefeito “lambanceiro”, fanfarrão, muito falatório e de inúmeras tentativas de fazer marketing falso de sua administração. É a prefeitura do faz de conta, ao ponto do ex-governador David Almeida (PSD) chamá-lo de “prefeito dorminhoco”, que acorda às 16 horas, já no final do expediente e de quem gosta de trabalhar.

Os agentes também lutam para que a administração Arthur atualize os seus salários.

Nem mesmo os agentes de trânsito suportam essa administração, que eles tanto contribuem financeiramente. Em outubro desse ano, cerca de 100 agentes do Manaustrans se reuniram em frente à sede do órgão, localizada na Avenida Tefé, Bairro Japiim, Zona Sul de Manaus, em manifestação por melhorias no quadro trabalhista.

NOTA

Atendente do 08000921188 do Manaustrans, informou após a publicação dessa nota, que o agente de trânsito esteve no local, autuou o veículo tunado, mas não fez a abordagem por temer por sua integridade física e, que havia comunicado ao 190 da Polícia Militar, pedindo reforço.

No entanto, a atendente do 190 da Polícia Militar negou qualquer registro de pedido de reforço para essa ocorrência, feito pelo Manaustrans. Mas, o serviço de emergência da PM também age da mesma forma que os da Manaustrans, sempre registrando e não atendendo os pedidos de socorro. Ou seja, o cidadão do carro tunado, está à vontade para fazer a “zuada” que ele quiser.

“O telefone 190 da Polícia Militar é a forma rápida e eficaz para a sociedade solicitar amparo à Polícia Militar e comunicar 99 tipos de ocorrências”.

Bem!.. pelo menos é isso que consta no manual. Na prática, pode ligar, que eles só registram a ocorrência e só… na última ligação que fizemos para o 190 era 19h15, já se registrava, exatamente, 9 horas de música ininterruptas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui