Médico carioca que defendia ‘cloroquina’ e criticava OMS morre de Covid-19

O médico Lécio Patrocínio, de 68 anos, morreu vítima de Covid-19 no último sábado (2) – foto: 247

Bolsonarista convicto, Lécio defendia o uso da cloroquina, medicamento que não tem eficácia alguma no combate ao novo coronavírus, e também criticava a OMS (Organização Mundial da Saúde). A informação é do portal Estado de Minas.

Lécio desenvolveu complicações decorrentes de uma pneumonia. Ele chegou a ficar um mês internado em Macaé e há cerca de três semanas havia sido transferido para o Hospital Copa D’Or, no Rio de Janeiro, onde morreu.

Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui