Médicos europeus iniciam curso na Fundação de Medicina Tropical

Foto: Divulgação/FMT-HVD

Quarenta e sete médicos da Alemanha, Áustria e Suíça  tiveram seu primeiro dia de aulas ontem sexta-feira (18/10), na Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), pelo 7th Course in Tropical Dermatology. Na segunda (21) e terça-feira (22/10), o curso continua na Fundação Alfredo da Matta (Fuam).
 
Pela manhã, os médicos foram divididos em três grupos para diferentes atividades dentro da FMT-HVD. Um grupo foi para o ambulatório, outro para o laboratório de Micologia, e o último para a enfermaria de Dermatologia. Os médicos acompanharam os profissionais da instituição em casos selecionados. No período da tarde, receberam atualização teórica sobre os casos vistos pela manhã.
Foto: Divulgação/FMT-HVD
O diretor-presidente da FMT-HVD, Dr. Marcus Vinitius de Farias Guerra, destacou que o intercâmbio faz parte de uma boa relação que a Fundação mantém, principalmente, com os médicos do Exército alemão. “São 25 anos dessas relações. É um trabalho importante não apenas para os profissionais, e para a Fundação. Esses médicos multiplicam conhecimento e conseguimos um alcance mundial”, disse o presidente.
 
“Estes profissionais participam de missões na África e em outras situações de crises de saúde e humanitária pelo mundo. Os conhecimentos adquiridos aqui acabam criando barreiras que podem impedir pandemias”, disse Marcus Guerra.
Foto: Divulgação/FMT-HVD
A coordenadora do curso na FMT-HVD, Dra. Virginia Vilasboas, afirmou que a iniciativa é uma oportunidade para esses profissionais, visto que eles têm pouco contato com doenças tropicais nos seus países, e destacou a importância do intercâmbio. “Os participantes poderão atualizar o conhecimento nas diferentes áreas da dermatologia tropical, e estabelecer contatos entre países nas áreas de Dermatologia, Dermatologia Tropical e medicina Tropical”.
 
Os visitantes receberam atualização sobre Histoplasmose, Lobomicoses, Leishmaniose e outras doenças dermatológicas tropicais.
Foto: Divulgação/FMT-HVD
A FMT-HVD é referência para o Sistema Único de Saúde (SUS) em Doenças Infectoparasitárias e Tropicais, acidentes ofídicos e Dermatologia Tropical. Na área de assistência ambulatorial, de janeiro a dezembro de 2018, a FMT-HVD realizou 1,2 milhão de procedimentos de diagnóstico, 1,8 mil cirurgias e 231,3 mil procedimentos clínicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui