Milagre nos dentes do pastor Feliciano custou R$ 157 Mil do dinheiro público

Dentes milionários do pastor Feliciano custou R$ 157 mil pagos pelo contribuinte - foto: recorte/arquivo

Convido os leitores a aceitarem esse desafio: mostrarem alguém que, em tão pouco tempo, tenha gastado tanto dinheiro público num tratamento dentário.
Nunca ouvi em toda a minha vida alguém gastar R$ 157 mil para cuidar dos dentes.

Por sorte de Marco Feliciano, o dinheiro não saiu do bolso dele, mas do contribuinte, que paga impostos, ou, quem sabe, dos que pagam o dízimo na igreja.

Esse é um caso que merece investigação – e se comprovado abuso, impeachment, cassação do pastor.

“Já fui a dentistas renomados inúmeras vezes e, para tratamentos complexos. Nunca paguei (com meu dinheiro) nada nem remotamente parecido”, disse.
O pastor deveria agradecer esse milagre: pagar tanto pelos dentes com dinheiro dos

Tratamento de graça

Os deputados contam com um plano médico ligado à Caixa Econômica Federal. Portanto, despesas com serviços médicos e odontológicos podem ser reembolsadas.

Embora tenha afirmado que “não há crime”, o deputado reconheceu que o valor do tratamento ficou “caro”. “É um tratamento caro, mas foi para saúde, e não para estética. Foi para poder trabalhar. Como sou empregado, e onde trabalho há esta alternativa, eu precisava do tratamento”, afirmou.

Marco Feliciano (Podemos-SP). Segundo o parlamentar, o gasto se refere a um tratamento para corrigir problemas relacionados ao bruxismo, além de coroas e implantes dentários.
Feliciano passou pelo tratamento odontológico em uma clínica em Luziânia (GO), a 47 quilômetros de Brasília.

“Esse é o procedimento mais avançado que a gente poderia gastar em odontologia. A gente quase que troca toda a boca da pessoa, sabe?”, declarou o cirurgião-dentista Max Barbosa, responsável pelo tratamento.

Por: Gilberto Dimenstein, com texto da Revista Fórum

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui