Ministro confirma permanência da Força Nacional no AM e ajuda a refugiados

O Ministro Torquato Jardim disse que a Força Nacional permanece no Amazonas, no complexo penitenciário.

Após encontrar-se com o governador David Almeida e a cúpula da Segurança Pública do Estado – o secretário de Segurança, Sérgio Fontes; o comandante-geral da PM, David Brandão; e o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Fernando Paiva Pires Júnior -, o ministro da Justiça e Segurança, Torquato Jardim, garantiu a permanência da Força Nacional no Amazonas.

Após o breve encontro, David Almeida informou que foi acertado o acordo de cooperação com o governo federal para a ajuda humanitária aos refugiados venezuelanos que permanecem no Estado. “Nós pedimos o fortalecimento de nossas fronteiras para o combate ao tráfico de drogas, e uma coisa muito importante foi o pedido para que a Força Nacional permaneça no Estado do Amazonas, guarnecendo o complexo penitenciário.

O Ministro Torquato Jardim disse que a Força Nacional permanece no Amazonas, no complexo penitenciário.

O ministro prontamente atendeu nosso pedido e agora o Ministério da Justiça irá determinar o prazo de permanência aqui”, afirmou o governador.

O governador David Almeida informou ainda que ficou acertada a ajuda do Ministério da Justiça e Segurança para a alimentação dos refugiados, orçado pelo governo em R$ 2,2 milhões até o fim do ano.

A atuação da Força Nacional é de policiamento ostensivo nas proximidades dos presídios do Amazonas. Segundo a publicação no Diário Oficial da União, no último dia 20 de junho, a operação terá apoio logístico e supervisão dos órgãos de Segurança Pública do Estado, assim como a permissão de acesso aos sistemas de informações e ocorrências no âmbito da Segurança Pública durante o período de atuação da Força Nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui