Municípios poderão atualizar cadastros de animais em novembro

Foto: Reprodução

De 1º a 30 de novembro, 13 cidades do Amazonas poderão participar da segunda etapa da atualização cadastral de animais do Bloco I do Programa Nacional de Vigilância para Febre Aftosa (Pnefa).

Nesse período, os produtores deverão se dirigir à Unidade Local de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsav) onde sua propriedade estiver cadastrada.

A vacinação contra a febre aftosa já se encontra suspensa nos municípios do Bloco I (Apuí, Boca do Acre, Canutama, Humaitá, Lábrea, Manicoré, Novo Aripuanã, Pauini, Guajará, Envira, Eirunepé, Ipixuna, Itamarati e parte de Tapauá).

Além disso, a manutenção desse status sanitário reconhecido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) depende de medidas como a atualização cadastral.

Além do atendimento presencial, o produtor poderá acessar a ficha de notificação de atualização no site da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) (adaf.am.gov.br) e encaminhá-la, preenchida, por e-mail ou Whatsapp da Ulsav em seu município para realizar a notificação.

A atualização é voltada para coletar informações de todos os animais presentes nas propriedades, não apenas bovídeos. As multas pela não declaração custam R$ 20 por animal de médio porte (ovinos, caprinos e suínos) e R$ 40 por animal de grande porte (bovídeos e equídeos).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui