Não brinque com a Covid-19. Ela mata!


Especial Publicitário

A Europa enfrenta nas últimas semanas o aumento de casos de Covid-19. Pesquisadores falam sobre uma nova mutação do vírus no continente, onde muitos países reforçam novamente as medidas de isolamento, inclusive com lockdown. Em Manaus, apesar do número de casos estarem aumentando novamente, não se vê o cuidado e preocupação da população em reverter o cenário.

Na capital amazonense o cenário é de aglomerações em áreas públicas, a realização de constantes festejos particulares e um número cada vez maior de pessoas sem fazer uso de máscaras.

Segundo dados da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) do dia 2 de novembro, desde o início da pandemia do novo coronavírus são oficialmente 63.557 casos confirmados na capital, com 2.902 mortes na cidade, outras sob investigação. Há ainda um total de 19.282 pessoas em todo o Estado com a confirmação da doença e que estão sendo acompanhadas, fora os casos que ainda não foram confirmados, cujos pacientes começam a lotar mais uma vez unidades de saúde públicas e privadas.

Em virtude deste cenário, a Prefeitura de Manaus decidiu prorrogar a vigência de quatro decretos municipais relacionados à prevenção da Covid-19, estendendo-os até o dia 30 de novembro. Entre eles, está o regime de teletrabalho para os servidores municipais, evitando as aglomerações nos órgãos públicos tanto de servidores quanto do público externo.

Até que uma vacina seja realmente disponibilizada à população, em meio a tantas que vem sendo testadas, é prudente que todos procurem se precaver, reservando-se em relação à circulação e a eventos.

É preciso ter em mente que: Se você não respeita as medidas de segurança, pode estar ajudando a propagar a circulação do vírus. A falta de cuidados pode custar vidas. Por isso, se cuide e zele por quem você ama. Não brinque com a Covid-19. Ela mata!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui