Novo Airão vive assustada com os índices crescentes da marginalidade

Cidade de Novo Airão - AM, o medo de marginais aumenta sistematicamente.

Cidade de Novo Airão - AM, o medo de marginais aumenta sistematicamente.
Cidade de Novo Airão – AM, o medo de marginais aumenta sistematicamente.

Os moradores do município de Novo Airão vivem sob o domínio do medo e da marginalidade, que a cada dia faz novas vítimas, sem que o poder público municipal tome medidas que possam reprimir o avanço dos bandidos na cidade, assim disse uma moradora do município ao portal.
“Hoje (13) a marginalidade fez mais uma vítima em Novo Airão. Dessa vez foi o senhor Alaelson Rosas, empresário, dono da drogaria Mariano”, disse ela. Nessa noite a cidade dormiu em pânico, assustada com os índices crescentes da violência no município. “Aqui a prefeita Lindinalva Ferreira Silva (PT), tem feito vistas grossas para o crime organizado. Quando assumiu o primeiro ato foi tirar o filho dela, Pio, da penitenciária em Roraima”, confidenciou.

As marcas do crime gravado no chão do bar.
As marcas do crime gravado no chão do bar.

Alguns vereadores também tem histórico de defesa de criminosos e infratores. Para a moradora, que fez um apelo ao Portal Correio da Amazônia, o crime do senhor Alaelson Rosas é o resultado do mal exemplo dos governantes de Novo Airão.

Alaelson estava em um bar (bar do Zé Galiosa), no Bacabal, quando chegaram dois bandidos em uma moto e dispararam cinco tiros contra ele. Um tiro passou de raspão e outro o atingiu no pescoço (a bala ficou alojada), ele foi transferido para Manaus. O mais intrigante é que nunca se ouviu falar que Alaelson estivesse envolvido com inimizades ou algo semelhante que pudesse motivar o crime.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui