O livro de papel não morreu! – por Maria Ritah

Foto: Reprodução

Livros para mim é livro de papel. Eu amo ler livros de verdade – livros físicos! Eu sinto um carinho enorme por eles. Curto tocar e folhear as páginas, fazer notinhas, riscar e rabiscar. Eu não tenho nada contra os e- books, kinder e os pdfs da vida. Inclusive tenho armazenado no meu laptop uma vasta biblioteca que compartilho com meus amigos de graça.

Mas, vamos combinar, NADA supera o bom e velho papiro.

Outro dia eu falei para uma pessoa do meu sonho de ser dona de um sebo. Ela foi categórica ao me dizer que isso seria jogar dinheiro fora, pois livros físicos já estavam deixando de existir e não teria mais público.

Maria Ritha – foto: divulgação

Fiquei chocada! Zangada, na verdade, matar um amor meu assim, na lata! Hahahaahahah… brincadeira à parte, fiquei pensando nisso. A ideia de sebo não é nem para ser milionária. Tudo que eu quero é uma casinha branca na varanda e um bom livro para ler…hahaha lembrei do Peninha.

Voltando ao que interessa. Pois bem, fui pesquisar. Talvez o meu amigo tenha razão e talvez não. Eu amo livros físicos e vou vender meu acervo para comprar outros livros físicos, porque a sensação de folhear um livro de verdade é melhor do que está com uma tela led turbinando teu cérebro com um monte de letra que você não consegue tocar.

Ler um livro inteiro no computador é INSURPORTÁVEL, pronto falei.

Do papiro ao computador, a escrita é um processo construído ao longo dos milênios. Vale lembrar a história da humanidade, onde os reis escolhiam homens que sabiam ler e escrever porque eles mesmo eram analfabetos e precisavam desses escritores para fazer decretos, sentenças, ler mapas e tudo mais. Daí o poder do Clero, dos filósofos e conselheiros dos reis.

Há muito tempo nossos ancestrais acreditavam ( e eu também) que a escrita era algo secreto e sagrado e só os deuses poderiam presentear uma pessoa comum e dar tanto poder. Verdade isso, porque só os escribas aprendiam a ler e escrever e eram contratados pela nobreza, obtendo monopólio da elite.

Dito isto, eu acho uma piada as pessoas dizerem que a escrita nos livros de papel está com os dias contados. O livro vai sobreviver, ( eu ainda tenho que escrever o meu haha )assim como o rádio, a televisão e etc, neste mundo digital.

E você, o que acha? Você usa livros de papel para fazer suas leituras?

Comenta aí…!!!

4 COMENTÁRIOS

  1. Sou totalmente apaixonada por livros de papel, jamais trocaria meu livro de papel por um Pdf ou algo similar, mas nada contra também também tenho minha biblioteca digital porém raramente leio, prefiro ler os poucos que tenho de papel. No livro de papel consigo sentir mais emoção.
    Não concordo com essa opinião de que estão com os dias contados, pois eu mesma faço questão de jogar uma sementinha da leitura para as pessoas, principalmente leitura no livro de papel.
    O livro de papel tem uma beleza única cada um deles. E eh sei que assim como eu, existem muitas pessoas pelo mundo apaixonados pelo papiro. 💖📜📃📚📙

  2. Livros físicos nunca morrerão!
    Aquele que tem prazer pelo livro físico passa esse sentimento a sua volta e isso contagia quem quer ler!
    Tudo é uma questão de manter os costumes!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui