Operação de fiscalização apreende três veículos de mototaxistas ‘piratas’ em Manaus

Foto: Divulgação/IMMU
Foto: Divulgação/IMMU

Em mais uma ação para ordenar o sistema de transporte na cidade, a Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), realizou uma fiscalização voltada para mototaxistas, na avenida Coronel Cyrillo Neves, bairro Compensa, na zona Oeste da capital. Na ação, foram apreendidas três motocicletas utilizadas para fazer transporte sem autorização do IMMU, os chamados “mototáxis piratas”.

A operação contou com apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), além da atuação de fiscais de transporte e agentes de trânsito do IMMU.

Foto: Divulgação/IMMU
Foto: Divulgação/IMMU

O diretor de Transporte do IMMU, Edinaldo Castro, destacou a parceria com outros órgãos para melhoria do transporte na cidade. “Hoje contamos com a presença do Batalhão de Trânsito da PM, que foi importante para o sucesso da operação. O objetivo da Prefeitura de Manaus, por meio do IMMU, é tornar o transporte mais seguro aos usuários do serviço de mototáxis. O instituto irá continuar as operações em todas as áreas da capital”, destacou o diretor.

Nas abordagens, foram verificados se quem está prestando o serviço possui os critérios estabelecidos na Lei Federal nº 12.009, de 29 de julho de 2009, como ter 21 anos completos, habilitação para dirigir motos há ao menos dois anos, ter especificado no campo “Observação” da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) que o condutor é mototaxista e ser aprovado em curso especializado.

Foto: Divulgação/IMMU

As motos apreendidas foram encaminhadas ao parqueamento da IMMU e só serão liberadas mediante o pagamento de multa, no valor de 15 Unidades Fiscais do Município (UFMs), o equivalente a R$ 2.259,15, além do guincho e diárias do parqueamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui