Pastor que dizia tirar ‘magia negra’ pelas partes íntimas das fieis, é preso

Pastor passava "óleo ungido" nas partes íntimas de mulheres – foto: redes sociais

De acordo com as vítimas, o pastor Lourival Santos de Andrade, afirmava que iria tirar “magia negra” de seus corpos.

O pastor Lourival Santos de Andrade, de 42 anos, da cidade de Confresa, interior do Mato Grosso, foi preso nessa quarta-feira (18) pelo estupro de quatro mulheres – duas são menores de idade.

De acordo com depoimento das vítimas à Polícia Civil, o religioso passava “óleo ungido” nas partes íntimas das mulheres, afirmando que iria tirar “magia negra” de seus corpos.

As informações foram publicadas nesta quinta-feira (19) em reportagem do jornal O Globo.

Adolescente

A Polícia Civil do Mato Grosso informou que uma das vítimas foi violentada durante uma conferência na igreja. O pastor chamou a menor em um quarto fechado e acariciou as partes íntimas da adolescente. Em outro momento, ele mostrou o órgão genital para a menor por meio de uma chamada de vídeo.

Óleo na barriga

A segunda vítima, de 17 anos, disse que em fevereiro deste ano foi até igreja evangélica falar com o pastor, pedindo para que ele fizesse uma oração. De acordo com a vítima, ela foi levada ao banheiro da igreja, onde o suspeito pediu para que ela passasse um óleo na barriga. O pastor passou o produto no corpo da menina, que relatou sentir tontura e, posteriormente, ter sido abusada.

Os abusos ocorriam durante os atendimentos particulares no gabinete dele, onde ele fazia uma oração com as vítimas, passava o óleo ungido nas partes íntimas delas e depois estuprava as fiéis.

canal Cortes 247 e assista:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui