Paulo Mafra será diplomado prefeito em São Paulo de Olivença

Foto: Divulgação

Após a Justiça Eleitoral anular a eleição de Nazareno Souza Martins, o Gibe, o segundo colocado no pleito, Paulo Mafra, será diplomado prefeito. O vencedor teve sua vitória cancelada por apresentação de documento falso.

Conforme o juiz da 22ª Zona Eleitoral, Felipe Nogueira de Lucena, o registro de candidatura de Gibe foi cassado e os votos foram invalidados. O documento falso apresentado pelo então prefeito eleito foi um certificado de conclusão do ensino médio.

O autor da ação de investigação judicial eleitoral, Ministério Público do Amazonas (MPAM), informou que a data de término do curso foi em 1877, há 143 anos. Segundo a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o documento diz respeito a uma mulher e consta no certificado data anterior à criação da escola, que apenas ocorreu em 1975. Além disso, a nomenclatura “ensino médio” passou a ser utilizada após 1996 e os nomes do diretor e secretário informados no documento estão incorretos.

Gibe Martins foi eleito no último dia 15, com 7.143 votos (48,61%), conforme apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Paulo Mafra alcançou 5.759 votos (39,19%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui