PUBLICIDADE
Início Amazonas PC reforça buscas ao delegado Thiago Garcez com ações pelo Rio Solimões

PC reforça buscas ao delegado Thiago Garcez com ações pelo Rio Solimões

Policiais distribuem cartões com número do disque denúncia do DRCO/Foto: Divulgação

O Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), da Polícia Civil do Amazonas, tendo à frente os delegados Juan Valério e Guilherme Torres, respectivamente, diretor e diretor adjunto da unidade policial, realiza desde quarta-feira (21), pelo Rio Solimões, nas proximidades de Coari, município distante 363 quilômetros em linha da capital, a entrega de cartões a ribeirinhos com os números do disque-denúncia do departamento: (92) 99360-8004 e 99962-2777, com o intuito de intensificar as ações de busca pelo delegado Thyago Pereira Garcez Bastos.
O titular da 78ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Codajás,Thyago Pereira Garcez Bastos, está desaparecido desde a noite do dia 5 de dezembro, após confronto com traficantes, ocorrido no Rio Solimões, em uma região de Coari. Conforme Juan Valério, a ação está ocorrendo em atendimento à determinação feita pelo secretário da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), delegado federal Sérgio Fontes.

Policiais distribuem cartões com número do disque denúncia do DRCO/Foto: Divulgação

“Estamos buscando o apoio dos moradores dessa região e de pessoas que trafegam pela área onde ocorreu o confronto para que nos ajudem a achar o nosso colega. Nossas equipes estão abordando os condutores de barcos de recreio, lanchas e até proprietários de flutuantes nas proximidades de Coari, Codajás, Anamã, Anori, Manacapuru e Iranduba. Uma equipe do Corpo de Bombeiros está nos ajudando nesse trabalho árduo, fazendo a entrega de cartões e buscando informações relativas ao caso”, argumentou Juan Valério.

De acordo com a autoridade policial, em função da região apresentar diversas peculiaridades, como comunidades e lagos, é imprescindível a colaboração dos ribeirinhos. Toda informação recebida está sendo analisada e o sigilo da fonte será preservado. Juan Valério destacou, ainda, a importância das pessoas terem a consciência do trabalho que está sendo realizado, evitando, com isso, passar informações inverídicas, comprometendo as buscas ao delegado desaparecido.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

error: Conteúdo bloqueado!