Prefeito Arthur Neto, lamenta morte do fotógrafo Barros

Foto: Reprodução

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, lamentaram profundamente a morte do fotógrafo Raimundo Barros de Souza, 70 anos, ocorrida na madrugada deste sábado, 28/12, em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Popularmente conhecido como o ‘fotógrafo dos colunistas”, Barros, como era chamado, era natural de Cratéus (CE), e por mais de 40 anos atuou como fotógrafo das principais redações dos jornais locais, alguns já extintos, como “A Notícia”, mas foi no colunismo social, que ele se destacou.

“O Barros era uma pessoa muito querida, e de uma sensibilidade ímpar, em captar os eventos sociais de nossa Manaus. É com tristeza que recebo a notícia de sua passagem. Eu e minha esposa nos solidarizamos à família desse profissional que registrou a alegria e os bons momentos sociais de nossa gente”, disse Arthur Neto.

Proprietário de um dos primeiros estúdios de fotografia em Manaus – na avenida Eduardo Ribeiro, Centro – Barros tinha um currículo profissional extenso, em que se destaca a cobertura da visita do papa João Paulo II, em Manaus, em julho de 1980.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui