Prefeitura de Manaus começa a vacinar idosos e professores contra a Influenza

Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal

Idosos a partir de 60 anos e professores na ativa começarão a ser vacinados contra a Influenza nesta quinta-feira, 13/5. O início da segunda fase da 23ª campanha com esses dois grupos foi possível, porque a Prefeitura de Manaus recebeu do Ministério da Saúde mais 100.320 doses da vacina. A campanha vai atender 17 grupos prioritários, com uma estimativa da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de imunizar 642.003 pessoas na cidade.

A vacinação contra a Influenza teve início no dia 12/4, imunizando quatro grupos específicos: crianças de seis meses a menores de seis anos, grávidas e puérperas (mulheres com até 45 dias do parto), trabalhadores de saúde e indígenas. Com a chegada de mais doses, novos grupos serão vacinados.

“Temos duas campanhas em curso e nossas equipes estão organizadas para atender a todos de forma segura. Orientamos às pessoas desses dois grupos que procurem as unidades de saúde para receber a imunização, mas que não deixem de observar os cuidados para evitar o risco de contaminação pelo novo coronavírus, usando máscaras. Em nossas UBSs temos álcool em gel e os espaços estão adequados para garantir o distanciamento necessário”, informou a secretária titular da Semsa, Shádia Fraxe.

Ainda segundo Fraxe, quem tomou a vacina contra a Covid-19, deve aguardar 14 dias para receber o imunizante contra a Influenza.

Para receber a vacina, os professores na ativa precisam levar um documento de identidade com foto e comprovar o vínculo com contra-cheque ou carteira de trabalho com o registro de emprego.

A campanha também tem como público-alvo: pessoas com comorbidades; pessoas com deficiências permanentes; caminhoneiros; trabalhadores do transporte coletivo; trabalhadores portuários; forças de segurança e salvamento; Forças Armadas; funcionários do sistema prisional; população privada de liberdade; e adolescentes sob medidas socioeducativas.

A vacinação contra Influenza, que deve se estender até o dia 9/7, de acordo com o cronograma do Ministério da Saúde, ajuda na prevenção da doença e reduz o risco de complicações graves, internações e óbitos.

A lista com o endereço das salas de vacina está disponível para consulta no site da Semsa (https://tinyurl.com/salasdevacinasemsa), incluindo as dez que funcionam nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de horário ampliado, de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, das 8 às 12h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui