Prefeitura premia campeões 26 grupos no 64° Festival Folclórico do Amazonas

Foto: João Viana / Semcom

Vinte e seis grupos folclóricos foram declarados campeões do 64° Festival Folclórico do Amazonas, promovido pela Prefeitura de Manaus em parceria com o governo do Amazonas, nas nove modalidades da categoria Bronze, nove da categoria Prata e oito do grupo de Acesso. A apuração que iniciou às 14h de sábado, 2/7, finalizou no domingo às 00h47, na sala multiuso do Centro de Arqueologia de Manaus (CAM), localizado na avenida Sete de Setembro, no Centro, com a presença dos presidentes dos grupos folclóricos e danças.

A solenidade de apuração das notas foi aberta pelo diretor de cultura da Manauscult, Jonathas Ribeiro, seguido pelo representante da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Amazonas (OAB/AM), Fernando Simões, e finalizada pelo diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira.

Foto: João Viana / Semcom

“Estamos muito felizes com resultado do festival, por determinação do prefeito David Almeida resgatamos o folclore em nossa cidade, e, por isso, realizamos o 64° Festival Folclórico do Amazonas, que reuniu um público de 100 mil pessoas em 14 dias de evento. Conseguimos concluir de forma satisfatória o reajuste financeiro das danças, reunir diversas secretarias, do estado e do município, para que pudéssemos realizar o festival folclórico com êxito e sucesso” afirmou Alonso Oliveira.

Os envelopes foram abertos, conforme regulamento, contendo as notas dos cinco jurados responsáveis pela avaliação da apresentação dos 72 grupos folclóricos que integraram a programação no período de 12 a 23 de junho, no Centro Cultural Povos da Amazônia, além das 29 danças do grupo de Acesso. Das 72 apresentações previstas das categorias bronze e prata, duas não ocorreram porque não conveniaram com a Manauscult.

Foto: João Viana / Semcom

Com a apresentação comprometida por causa da chuva, a dança Cabras do Capitão Rufino, amparada pelo Regulamento do Festival Folclórico do Amazonas, não teve suas notas contabilizadas e pelo regulamento a mesma permanece no grupo prata.

Os grupos vencedores da categoria de Acesso sobem para a categoria Bronze, as danças vencedoras da Bronze sobem para a categoria Prata no próximo festival e os campões da categoria Prata sobem para a Ouro, que é realizada pelo governo do Amazonas. Para ser considerado campeão, a exigência era que o grupo tivesse pontuação mínima de 70% dos itens avaliados, segundo o regulamento.

Durante 14 dias, aproximadamente quatro mil brincantes se apresentaram para um público de mais de 100 mil pessoas.

Foto: João Viana / Semcom

Resultado Final – Acesso, Bronze e Prata

Categoria BRONZE

Primeiros lugares de cada modalidade
Quadrilha de Duelos: Anjos Bandidos Show
Quadrilha Cômica: Bagaceiras na Roça
Quadrilha Tradicional: Coração de São João
Quadrilha Alternativa: Hit Dance
Dança internacional: Rancho Luso Brasileiro
Dança Nacional: Xote da Carolina
Dança Nordestina: Cangaceiros de Asa Branca
Ciranda: Império da Compensa
Tribo: Muras

Categoria PRATA

Primeiros lugares de cada modalidade
Quadrilha Tradicional:Manto Azul
Dança Internacional: Odalic
Cacetinho: Jurupixuna
Dança Nordestina: Cangaceiros de Lampeão
Ciranda: Independente do Coroado
Tribo: Barés
Quadrilha Cômica: Garotas da Noite
Quadrilha de Duelo: Pistoleiros na Roça
Dança Nacional: Café da Redenção

Grupo de Acesso

Primeiros lugares de cada modalidade
Ciranda:  Ciranda da Betânia
Quadrilha Tradicional: Fogueira Ardente
Dança Alternativa: Tsunami na Roça
Dança Regional: Simetria Norte
Quadrilha Cômica: Escolinha na Roça
Dança Nordestina: Pisada no Sertão
Cacetinho: Belo Horizonte
Quadrilha De Duelo: Renascer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui