Amazonas Cidades Destaques

Rodoviários anunciam ‘rifa de um carro’ para salvar o Sindicato

O presidente dos Rodoviários (Centro), chamando a categoria para não deixar fecharem o sindicato - foto: Correio
Redação
Escrito por Redação

Trabalhadores, sindicalistas e amigos dos movimentos dos trabalhadores resolveram promover ‘uma rifa’ para arrecadar fundos, que possa garantir o pagamento de funcionários e despesas de manutenção do prédio do Sindicato.

Após a realização dos sete dias de greves para reivindicar salários atrasados, recolhimento de INSS, reajustes salariais dos dissídios coletivos de 2016 a 2018 e outros direitos trabalhistas, o sindicato foi penalizado pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-AM) com pesadas multas e bloqueio da sua conta bancária, o que tem inviabilizado até as atividades internas do prédio da instituição trabalhista.

O presidente dos Rodoviários (Centro), chamando a categoria para não deixar fecharem o sindicato – foto: Correio

Hoje são mais de R$ 300 Mil de contribuição sindical bloqueados e multa de mais de R$ 30 milhões por dia, durante sete dias de greve. “Essa foi uma forma que a justiça e o prefeito Arthur Neto (PSDB) encontraram para inviabilizar o sindicato”, disse o presidente dos Rodoviários Givancir de Oliveira.

No sentido de voltar a funcionar na sua normalidade, o presidente Givancir resolveu promover “a rifa de um carro”, como forma de arrecadação de recursos sem onerar os trabalhadores com pedidos de doações.

“Precisamos colocar o sindicato para funcionar. Evitar o fechamento do sindicato”, disse ao pedir a categoria que participe da promoção e contribua comprando a rifa.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário