Rodoviários buscam se reestruturar com o novo presidente Élcio Campo

Reunião da diretoria que levou proposta ao MPT, com o presidente Josenildo Mossoró à frente - foto: divulgação

Devido os últimos acontecimentos que vitimaram o ex-presidente do Sindicato dos Rodoviários do Amazonas, Givancir de Oliveira, a diretoria da entidade sindical tomou uma série de medidas para se reorganizar e poder levar em frente as ações e lutas junto aos seus associados.

Entre as principais medidas, houve a condução do secretário-geral, Elcio Campos, para a presidência interina do Sindicato, até a convocação de uma Assembléia Geral, que definirá a nova presidência do Sindicato até o complemento do mandato.

A princípio, os diretores resolveram empossar o vice-presidente Josenildo Silva, como novo presidente dos Rodoviários, mas ele alegou problemas pessoais e passou a vez para o secretário-geral Élcio Campos.

Élcio Campos (camisa vermelha), busca o apoio da categoria na nova presidência – foto: divulgação

Mudança só na cabeça

A mudança no Sindicato dos Rodoviários aconteceu unicamente na presidência e na secretaria-geral. No mais, o Sindicato continua com os mesmos diretores e na mesma pegada de luta.

Convenção Coletiva de Trabalho

Élcio tem pela frente as negociações salariais da categoria e a nova Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021. “Vamos iniciar as negociações pedindo 10%, podendo ser ampliada, dependendo do andamento das negociações”, anuncia.

O novo presidente dos Rodoviários disse ao portal Correio da Amazônia que vai continuar empreendendo o mesmo ritmo de luta e trabalho desenvolvido pelas presidências anteriores. “Os trabalhadores já conhecem o nosso estilo de trabalho e maneiras de reivindicações”, destaca.

Agora é aguardar as próximas ações do Sindicato e ver como o presidente interino vai conduzir as negociações salarias 2020/2021 dos Rodoviários do Amazonas.

Pedido de afastamento do vice-presidente, Josenildo Silva (Mossoró) – foto: divulgação

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu Janio da Costa Pereira gostaria de informar o Site.Que essa matéria dos Rodoviarios é uma tentativa de manobras da diretoria já destituída para ludibriar os trabalhadores a imprensa de modo geral e os órgãos públicos, pois os mesmos estão distribuídos pelo processo 0000842-55.2014.5.11.0002 assim como no processo 0000484-09.2018.5.11.0016 ambos da justiça do trabalho transitado em julgado esperando apenas a decisão da desembargadora Joicilene Jerônimo Portela liberar o mandado de número 0000014-55.2020.5.11.0000 para sua execução.Portanto essa forjada reunião eles mesmos estão se auto induzindo a erros. Estão todos distribuídos e são todos réus. Se interessar uma intrevista estou a disposição neste número para qualquer esclarecimentos Fone 993215997 . [email protected] Um forte abraço!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui