Rosberg larga na frente de Hamilton nessa manhã de domingo (25); Massa é 16º

Marcus Ericsson acerta Felipe Massa na classificação (Foto: Reprodução)

Mesmo com erro, Rosberg quebra sequência de Hamilton e garante pole.
Mesmo com erro, Rosberg quebra sequência de Hamilton e garante pole.

Nico Rosberg se manteve fiel à ideia de que o que vale é a classificação. Depois de ver Lewis Hamilton ir para último treino em Mônaco com a melhor volta do fim de semana, o germânico surgiu mais forte neste sábado (24) e quebrou a sequência de poles do companheiro de Mercedes.

Com seu melhor giro em 1min15s989, Rosberg conquistou a sexta pole de sua carreira, a segunda na temporada 2014 do Mundial. 0s059 mais lento, Hamilton larga ao lado do companheiro e completa a primeira fila do grid do Principado.

Vale lembrar que Rosberg também largou na pole no GP de Mônaco de 2013, quando seguiu firme rumo ao segundo triunfo de sua carreira.

Assim como vem acontecendo ao longo da temporada, Daniel Ricciardo foi mais rápido que Sebastian Vettel e vai abrir a segunda fila do grid de Monte Carlo. O tetracampeão foi 0s163 mais lento que o companheiro de Red Bull.

Mantendo a sequência de duplas, Fernando Alonso arrematou o quinto posto, à frente de Kimi Räikkönen, que escapou de ser atropelado por Vettel durante o fim de semana em Mônaco.

Com 1min17s540, Jean-Éric Vergne colocou a Toro Rosso na sétima colocação, à frente de Kevin Magnussen. Daniil Kvyat aparece em nono, com Sergio Pérez completando a lista dos dez primeiros no grid.

Marcus Ericsson acerta Felipe Massa na classificação (Foto: Reprodução)
Marcus Ericsson acerta Felipe Massa na classificação (Foto: Reprodução)

Felipe Massa, por sua vez, segue com sua incrível maré de azar. Confirmando o dito popular de que bonzinho só se lasca, o brasileiro abriu caminho para Marcus Ericsson no final do Q1, mas o atrapalhado piloto da Caterham errou a freada na Mirabeau e acabou levando o brasileiro para o muro.

Com o carro apagado, Felipe precisou ser empurrado até os boxes. Assim, mesmo tendo garantido o direito de participar do Q2, ficou impedido de rodar. Pelo regulamento, o piloto precisa voltar sozinho para os pits para poder andar na sessão seguinte. Desta forma, Massa vai largar em 16º.

Saiba como foi o treino classificatório para o GP de Mônaco:

A temperatura subiu em Mônaco para o treino classificatório. Quando as luzes do pit-lane ficaram verdes, os termômetros indicavam 18°C de temperatura ambiente – não muito fora daquilo que aconteceu no terceiro treino livre –mas com a pista batendo a marca dos 42°C.

Assim que a pista foi aberta, Nico Rosberg foi um dos primeiros a deixar a pista. O germânico, claro, calçava a Mercedes com os pneus macios, identificados pela cor amarela. Lewis Hamilton seguiu o companheiro de equipe, acompanhado pela dupla da Toro Rosso.

Ainda no início do Q1, a fase inicial do treino classificatório, já era possível ver alguns pilotos apostando nos pneus supermacios, entre eles Pastor Maldonado.

Assim que as voltas rápidas começaram a surgir, Rosberg se instalou na ponta com 1min17s938. 0s813 atrás, Hamilton se instalou em segundo, à frente de Esteban Gutiérrez, Fernando Alonso, Jenson Button, Nico Hülkenberg, Kevin Magnussen, Jules Bianchi, Maldonado, Kimi Räikkönen e Felipe Massa.

Com 1min19s095, Massa saltou para o terceiro posto, mas caiu para quarto com Maldonado se instalando na segunda colocação.

Ainda nos primeiros minutos do Q1, Daniil Kvyat, que não tem experiência prévia em pista de rua, rodou na chicane do Porto. O russo, entretanto, deu sorte e só bateu o bico no muro de Mônaco.

Hamilton baixou sua marca para 1min17s823 e reassumiu o segundo posto. Na sequência, também de supermacios, Romain Grosjean passou a ocupar a terceira colocação, mas caiu para quarto com Ricciardo subindo para terceiro.

Com pneus macios assim como o companheiro de Red Bull, Vettel se instalou em quinto, à frente de Alonso, Maldonado, Massa, Button e Sutil.

(Grande Prêmio )

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui