Segunda fase da campanha de vacinação contra gripe inicia na terça (23)

Foto: Marinho Ramos/Semcom

Inicia nesta terça-feira (23) a distribuição da segunda dose da vacina contra a gripe para crianças em Manaus. Crianças de seis meses até cinco anos e 11 meses serão vacinadas nos postos de saúde espalhados pela capital.

A vacina será disponibilizada em 183 salas distribuídas por bairros de todas as zonas de Manaus. Do total, 153 salas pertencem a Prefeitura de Manaus e funcionarão em horário comercial das 8h as 17h.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), dez salas terão o horário ampliado. Nestas unidades, os agentes de saúde farão a aplicação da segunda dose de segunda a sexta, das 8h até as 21h, e aos sábados, das 8h às 12h.

Para a criança receber a segunda dose da vacina, é importante que os pais ou responsáveis apresentem o Cartão de Vacinação e um documento de identificação.

De acordo com o último Informe Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), 97,31% de um total de 191.678 crianças tomaram a primeira dose da vacina em Manaus. A porcentagem corresponde a 186.519 mil crianças imunizadas somente na capital.

Além das crianças, a prefeitura solicitou doses extras para contemplar novos grupos, entre eles os rodoviários, feirantes e os trabalhadores de serviços públicos como limpeza pública, drenagem e asfalto, pela evidente exposição ao contágio.

Foto: Marinho Ramos/Semcom

Campanha antecipada

No Amazonas a campanha de vacinação foi antecipada para o dia 20 de março, por conta do surto de doenças respiratórias. Em todo o Estado foram registradas 33 mortes pelo vírus Influenza, sendo 26 somente em Manaus.

De acordo com a 23ª edição do Boletim Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), o último caso no Estado foi registrado no dia 19 de março.

O boletim mais recente mostra ainda que casos notificados de SRAG subiram de 1.074 para 1.094 casos. Desse total, 120 são positivos para o Vírus da Influenza A (H1N1) e 227 para Vírus Sincicial Respiratório (SRV). O documento é elaborado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS- AM).
No interior, os casos de óbitos por H1N1 também seguem sem alteração, com três casos em Manacapuru, além de Parintins, Itacoatiara, Japurá e Urucurituba, com um caso, cada.

Como age o vírus da gripe?

Na verdade, são vários os tipos, subtipos e linhagens de vírus causadores da gripe. Eles entram no corpo principalmente pelas vias respiratórias. O contato com pessoas doentes e com objetos contaminados são as principais formas de transmissão.

A queda das temperaturas no outono e no inverno tende a aumentar as aglomerações de pessoas em lugares fechados, sem ventilação. Portanto, são maiores também os riscos de pegar a doença.

De acordo com o médico infectologista Dr. Robson Poul Lucas Tiossi, o vírus da gripe ataca as vias respiratórias e pode causar infecções.

Por isso, os sintomas comuns são irritações no nariz, na garganta, espirros, febre, dores no corpo e cansaço. O vírus pode também pode provocar infecções mais graves, como nos pulmões (pneumonia). Como a gripe derruba a imunidade da pessoa doente, pode abrir as portas para bactérias e induzir a um problema ainda mais sério. Em casos extremos, as infecções podem levar à morte.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui