Segurança externa das unidades prisionais de Manaus é reforçada

Foto: Divulgação/Seap

A segurança externa das unidades prisionais de Manaus está sendo reforçada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). A determinação é do titular da pasta, coronel Vinícius Almeida, e tem como objetivo coibir a ação de grupos criminosos que tentam burlar o controle do sistema penitenciário.

O órgão desencadeou, em parceria com a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), a operação “Muralha”, com o fortalecimento da guarda armada nas unidades prisionais localizadas no ramal do km 08 da BR-174 (Manaus-Boa Vista) e no Puraquequara. As incursões policiais nas áreas de mata também foram intensificadas nos períodos diurno e noturno.

De janeiro a junho deste ano, a Seap interceptou três tentativas de arremessos de materiais proibidos para dentro de unidades prisionais em Manaus. A primeira ação foi registrada no mês de março na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP). As outras ocorrências aconteceram somente neste mês no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

O Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen), que realiza o monitoramento permanente de possíveis ações contra o sistema prisional, obteve informações sobre supostos planos de fuga dos detentos.

“Os procedimentos de segurança estão em constante avaliação e novas providências são tomadas com base nas investigações que realizamos”, disse Vinícius Almeida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui