Sindicato dos Médicos e ABI protocolam pedido de impeachment de Queiroga

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga - foto: recorte

Os presidentes da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Paulo Jerônimo, e do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro, Alexandre Telles, protocolaram, nesta quinta-feira (20), no gabinete do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), um pedido de impeachment do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga,

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, o documento aponta como justificativas para o impeachment, a atuação de Queiroga no enfrentamento à pandemia e a demora da pasta em viabilizar a vacinação de crianças e adolescentes contra a Covid-19.

O texto também acusa o ministro de agir com negacionismo e de ser “completamente submisso” aos arroubos de Jair Bolsonaro (PL).

As entidades também apontam que o ministro incorreu em crime de responsabilidade por recusar a priorizar a saúde das crianças, “negando-lhes o direito à vacinação ou criando obstáculos à sua realização”.

Assessor de Bolsonaro abre o verbo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui