Suspeito de matar amante e atear fogo em irmãs é achado morto em RO

Homem foi encontrado com a genitália exposta e sem um dos olhos/Foto: Divulgação

O funcionário público Idair dos Reis Maria, suspeito de ter queimado duas irmãs nuas e matado asfixiado a mãe das meninas, foi encontrado morto dentro de uma mata nesta terça-feira (31) em Rolim de Moura (RO). Conforme a Polícia Civil e Polícia Militar (PM), o corpo do homem estava em avançado estado de decomposição, com o pênis exposto e sem um dos olhos.

De acordo com o diretor de polícia Arismar Araújo, o corpo estava a cerca de 700 metros do local onde as crianças foram localizadas na Linha 180, KM-6, na área rural do município, que fica a 402 quilômetros de Porto Velho. A causa da morte ainda está sendo apurada pela polícia.

Aparentemente o homem já estava morto há pelo menos 48 horas, apresentando estado adiantado de putrefação.
“Vários animais estavam no local, inclusive o corpo está sem um olho e as genitálias estão expostas, porém esses são os primeiros alvos das aves de rapina. A perícia é que apontará o que realmente ocorreu e teremos respostas para todas as perguntas”, disse o delegado pedindo para as pessoas não se precipitarem nas conclusões tiradas.
Suspeito

Homem foi encontrado com a genitália exposta e sem um dos olhos/Foto: Divulgação

Idair estava foragido da justiça e foi apontado pelas crianças como o autor das agressões sofridas por elas. As irmãs foram encontradas por um sitiante na manhã de domingo (29) próximo de uma represa na área rural de Rolim de Moura. Já o corpo da mãe foi encontrado na tarde de segunda-feira (30) em um barraco construído no mesmo endereço onde a mãe residia com as filhas. O local segundo a polícia, era utilizado pelo suspeito como depósito.

“A polícia já estava realizando buscas trabalhando com a possibilidade de que a mãe estivesse morta e na tarde de segunda-feira (30) encontramos o corpo dentro de um barraco que o suspeito utilizava como depósito. O suspeito matou a mulher por asfixia e utilizou um lençol para cometer o crime”, contou Arismar Araújo.

Estado de saúde das crianças

As duas irmãs, de 5 e 7 anos, que estavam internadas no Hospital Regional de Cacoal desde domingo, foram transferidas para o Hospital Infantil Cosme e Damião, em Porto Velho. Para a transferência, duas aeronaves foram designadas e fizeram o transporte aéreo, ainda na noite de segunda-feira, por volta das 23h.

Segundo informações da direção do hospital, as duas garotas que estavam na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), apresentavam quadro estável. A transferência foi feita, devido o hospital Cosme e Damião ser referência no tratamento de crianças.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui